Funcionários Públicos Aposentados: Preparem-se Para Voltar a Trabalhar.

Essa previsão é muito simples de se fazer.

O Estado Brasileiro está quebrado.

Não há mais dinheiro para investimentos há 20 anos, criminosamente cortados afetando toda a população mais pobre desse país.

O 13o. de funcionários públicos na ativa não foi pago, e o fluxo de caixa só vai piorar.

Entre pagar os funcionários públicos na ativa ou pagar os funcionários públicos aposentados, você, como Ministro da Economia, que grupo defenderia?

Aumentar os impostos de 40% para 50% do PIB é inviável.

Cortar as aposentadorias do Regime Geral causaria uma guerra civil.

Verdade seja dita, vocês funcionários públicos abusaram.

Cavaram para si aposentadorias integrais.

Cavaram para si 100% do último salário, quando no mundo inteiro é de 80%.

Cavaram para si aposentadorias aos 50 anos de idade, FHC aos 32.

Não esperem muito apoio de nós quando suas aposentadorias forem cortadas por falta de recursos.

Sabiam que nossos Ministros da Economia estavam usando nosso Caixa de Previdência para outros fins.

Vocês podem entrar na Justiça, até ganhar em 20 anos, mas jamais irão receber.

Nossos Ministros da Economia quebraram esse país, com o aplauso da maioria que os venera até hoje.

(Lido por 2745 pessoas até agora)

13 Comments on Funcionários Públicos Aposentados: Preparem-se Para Voltar a Trabalhar.

  1. Engraçado, estão pondo tudo na conta do funcionário público…
    Antes todo o pagamento era depositado na conta do tesouro e por lá era pago a aposentadoria…
    Depois inventaram misturar o funcionalismo com o INSS que já era deficitário, talvez na esperança de passar a mão na aposentadoria do funcionalismo que estava toda certinha…
    O funcionário público paga sobre tudo que recebe para se aposentar integralmente…
    Quem se aposenta pela Providencia Social paga até o teto de cinco salários mínimos , mesmo que ganhe mais e por esse teto se aposentam.
    Entenderam, agora porque jogam o povo contra o funcionário público e escondem as malandragem que fizeram.

  2. O funcionário público “cavou” integralidade??? Caramba, que imbecilidade. As pessoas deveriam entender sobre o que escrevem. Por favor, vá estudar direito administrativo e perceber quês o funcionário público tem uma função diferenciada dos trabalhadores comuns. Não vamos folgar a trabalhar depois de aposentados, mas somos trabalhadores fardados ao fim. É, guarde, se hoje os serviços são ruins, sem os servidores será pior…

  3. Professor, onde podemos acessar essas informações sobre o uso das verbas da previdência que o Ministério da Economia anda surrupiando?

  4. Vemos essa situação caótica por que passa o País, penalizando todos e não vemos ninguém ser r

  5. Não existe mágica…a iniciativa privada já paga muito para a própria iniciativa privada, entenda-se como juros de mercado, pouca liquidez nos investimentos e por aí vai…agora, além disso ainda ter que pagar através de impostos, taxas, multas, tributação, bi tributação e mais um monte de coisas que esses governos vem impondo ano após ano, de forma arbitrária e desmedida, como fosse uma Giárdia ou qualquer outra lombriga esfomeada dentro dos intestinos da sociedade, aí ninguém aguenta…acabaram-se os empregos,surgiram milhares de vendedores de terrenos na Lua, com suas novas profissões que são chamadas de empreendedorismo para dar um toque de (falsa) sofisticação, e que ainda conseguem alguns troquinhos, mas até isso vai acabar…é, a coisa tá feia, mas estava na cara que isso iria acontecer, certo?! Saudades dos anos 70.

  6. Vejam artigo do Nilson Teixeira sobre a reforma da Previdência no Valor de hoje!

  7. Nesse particular, e se houver macho para isso, caminhamos para um modelo GREGO: uma cartinha com a comunicação “a partir do mês X sua aposentadoria sofrerá um reajuste de MENOS 40%”

  8. o sistema privado sempre “bancou” o sistema público e muita gente questionou isto mas nenhuma ação foi tomada. Agora a dor será maior (se isto for possível, aumentar ainda mais o sofrimento do brasileiro) e terá que ser realizada.

  9. O Bonsonaro com essa reforma só quer adiar essa quebra, ou seja, que dure mais uns 4 anos e não quebre em suas mãos.

  10. eu adoraria ver uma crise economica, isso seria duro e até criminal, mas tem muita gente que precisa descer deste pedestal mediocre, afinal se somos afrodescentes, porque não tornar isso aqui uma angola, ou Burkina, lá tem a liberdade negra na veia.

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14