Aposentadoria aos 70 Sem Mudar Período de Contribuição é Golpe

 

Tempo de leitura: 90 segundos

 

A postergação da idade mínima para se aposentar para 70 anos, sem postergar ao mesmo tempo a data de início das contribuições, será um golpe para aumentar os impostos e nada mais.

A minha geração era obrigada a contribuir por somente 30 anos.

Para os pobres que começavam a trabalhar aos 15, isso significava que era possível já se aposentar aos 45 anos.

Para universitários como eu, que estudavam até os 25, permitia-nos uma aposentadoria aos 55 já tendo contribuído o necessário para constituir um fundo financeiro atuarial como reza a Constituição.

Ao aumentarmos a aposentadoria para 70 anos, isto significa que todo jovem só precisará contribuir por 30 anos, postergando assim o início da criação do fundo atuarial e financeiro a partir dos 40 anos de idade.

Isto é sensacional, contribuir por 30 anos a partir dos 40 é muito mais fácil do que a partir dos 15 ou 25.

E o governo, mesmo assim, vai arrecadar muito mais do que com a minha geração. Dos 40 aos 70 se ganha duas ou três vezes mais do que se ganha dos 15 aos 30.

Uma das razões da pobreza neste país é que no início das nossas carreiras contribuímos com quase 30% do salário justamente quando temos  as despesas do FIES, casamento e casa nova para pagar.

Devido à ganância dos nossos economistas, que não conseguem esperar um único minuto para começar a taxar a nova geração, todos nós éramos obrigados a contrair uma dívida, seja o FIES, seja para a casa própria nos atolando juros sobre juros e uma dívida impagável.

Uma dívida das mais caras do mundo, de novo por decisão de nossos brilhantes economistas, de quase todos os Partidos que já detiveram o poder.

Isso garante a perpetuação da nossa pobreza, graças à ganância temporal do Estado, e é isso que precisamos mudar.

Finalmente temos como não contrair mais dívidas no início das nossas carreiras para podermos ter um padrão de vida próximo ao dos nossos pais.

Lembre-se que a rigor todos nós nascemos pobres. Mesmo os pais de classe média não têm como pagar por nossas faculdades e casas próprias.

O Estado nos obrigando a um endividamento logo cedo nas nossas carreiras, com juros estratosféricos, nossos economistas perpetuam assim a pobreza para sempre.

E a narrativa é a de que precisamos poupar pela nossa velhice já, apesar de ela ocorrer somente 50 anos depois.

Agora é o momento para vocês lutarem contra isso, postergando também o início das contribuições do INSS, tanto quanto.

E para aqueles que já contribuem, lutar por uma pausa nos pagamentos igual aos anos a mais que estão lhe acrescentando para se aposentar.

Exigir que jovens paguem desde o início da carreira a sua reserva atuarial sempre foi um absurdo financeiro dos nossos economistas e não está escrito na Constituição, somente a necessidade de se criar um fundo financeiro e atuarial.

Nós teríamos proposto pagar um pouco mais por 20 anos, a partir dos 35 para compensar, do que pagar um pouco menos por 30 anos matando o jovem no início da sua carreira.

Vamos nessa!

Isso é Administração Responsável das Nações. Sigam-nos e contribuam ao debate.

 

(Lido por 73 pessoas até agora)

UA-1184690-14