O Problema do Brasil é Muito Simples

 

Tempo de leitura: 2 minutos

Nem a Direita nem a Esquerda do Brasil prestam. Este é o nosso grande problema.

Esta briga entre Direita e Esquerda não levará a nada.

O que precisamos é ir para frente, e vou explicar como.

Ambos, esquerdistas e direitistas, não conseguem implantar seu ideário de tão incompetentes que são.

Nenhuma boa ideia consegue ser implantada pela Direita, muito menos pela Esquerda com resultados positivos.

A Esquerda não consegue implantar seus projetos sociais com eficiência, vide o Bolsa Família com milhões de recipientes fajutos.

Cinquenta anos de governos esquerdistas deixaram o Brasil com uma dívida de 14 trilhões, e um corpo administrativo governamental de quinta categoria.

Algum esquerdista gostaria de contestar este fato?

A nossa Direita é ainda mais incompetente.

De cada cinco empresas criadas, quatro quebram nos primeiros quatro anos.

Das 500 maiores empresas que listei em 1974, menos que 100 sobraram.

Das 400 empresas em Bolsa, metade não existe mais.

E as que sobreviveram na maioria são estatais monopolistas ou empresas familiares sugando o BNDES, sugando acionistas “minoritários” sem direito a voto, entregando a administração das empresas a filhos e netos como o Magazine Luiza, Odebrecht, Gerdau, para não perderem “poder de mando”.

A maioria das empresas brasileiras são ainda pequenas em termos internacionais, “aparelhadas” por filhos e genros sem talento e simplesmente administrando a fortuna do pai.

Vide a briga de hoje dos filhos do Saraiva botando administradores para fora da empresa, que querem levar a empresa para frente e não para a Direita conservadora.

Por isso nem a Esquerda nem a Direita merecem o respeito do jovem brasileiro.

Por isso a Esquerda despreza a Direita, e com razão.

Por isso os liberais e os neoliberais desprezam a Esquerda pela mesma razão, pela total incompetência administrativa.

Uma Esquerda competente não me preocuparia.

Teríamos educação eficiente, saúde eficiente, estatais eficientes, auditoria e impostos baixos.

Uma Direita socialmente responsável também não assustaria uma Esquerda esclarecida, mas no Brasil nossa Esquerda não é esclarecida.

Nossa Esquerda é esquerdopata, dominada por jovens cujos cérebros foram formados pelos nossos professores de Esquerda alienados da realidade, na sua maioria.

Virando para a Esquerda ou para a Direita continuaremos a ser um país improdutivo, desorganizado, administrado por economistas de Esquerda ou então por economistas liberais a la Mises e Hayek.

Ou seja, continuaremos a ser mal administrados e andando de lado.

Sigam Administração Responsável das Nações.

Ir para um dos dois lados, minha gente, é na realidade ir para trás.

 

(Lido por 994 pessoas até agora)

UA-1184690-14