O Que os Beatles Ensinaram de Administração

Recentemente a revista Economist escreveu uma reportagem com o título acima.

Achei extremamente pobre, que não fazia jus aos meus ídolos The Beatles, e a Paul McCartney, em particular.

O que os Beatles, e a maioria dos quartetos tem a nos ensinar é a nobreza da seguidança.

Num quarteto todos precisam ser bons, do mesmo nível.

Mas um dos quatro precisa liderar a música, e os demais seguir numa boa.

Paul McCartney era claramente superior aos demais músicos, era o que mais compunha, sabia a direção a seguir, enfim.

Mas John tendo 18 anos e o mais velho, Paul decidiu se colocar tranquilamente como seguidor, sem inveja, sem rancor.

O que não acontece no Brasil com sua ideologia anticooperação humana, anti-hierarquia, anti-administrador.

Esse arranjo funcionou bem por 10 anos, até que surgiu Yoko Ono, que passou a querer mandar no Paul, via John.

A seguidança não vingou mais.

Para ser um bom seguidor você precisa admirar o seu chefe, um chefe que deveria ter sido escolhido num processo meritocrático.

Para mim, o chefe sempre foi Paul.

Compartilhe:
WhatsApp
Email
Facebook
Twitter
LinkedIn

Comentários

3 Responses

  1. Prof. Kanitz, graças a este seu texto, conheci o termo seguidança! Fica nos devendo outro texto sobre assunto.
    Abraço!

  2. Paul percorreu o caminho. O início dos Beatles foi basicamente John Lennon. O “A Hard Day’s Night” é todo composto pelo John. Até o disco “Help!”, o 5º álbum lançado por eles, Lennon era soberano nas composições. O maior conhecimento musical de Paul começou a sobressair mais a partir daí. E a coisa andou bem. Obras primas foram feitas/criadas com ambos trabalhando juntos, conciliando cada um sua tarefa. Paul trilhou todo o percurso. Já no final ele que levava a bagaça mesmo depois que John estava mais preocupado em agradar o “oriente”. O documentário lançado agora “Get Back” mostra isso.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Mais Recentes

Outros Assuntos

Outros Canais

Receba os artigos por e-mail
Leia Mais

Artigos Relacionados