Salário Objetivo em Vez do Salário Mínimo

O @PBE_BR estabelecerá em vez do Salário Mínimo, um Salário Objetivo, uma meta que ambos – patrões e funcionários –  precisariam almejar, de R$ 900,00 no terceiro ano de trabalho.

Se é este o espírito marxista de estabelecer um salário mínimo, que seja uma âncora bem mais alta, e uma âncora para o futuro próximo.

Mostra ao funcionário que se ele aprender o ofício ele terá um salário bem melhor, e deixa claro ao patrão que é melhor treinar o seu novo funcionário para que ele de fato possa produzir R$ 900,00 de valor num mês de trabalho.

Proposta de Governo. O PBE irá substituir o Salário Mínimo, por um Salário Objetivo, que será a meta que ambos – funcionários e patrões – terão que almejar no terceiro ano de trabalho.

E se as empresas não cumprirem? Muda-se de emprego.

Mas o nosso Ministério de Trabalho irá compilar por empresa, a taxa de sucesso de cada um.

Na Empresa ABC, 98% dos funcionários alcançaram seu Salário Objetivo em 3 anos.

Na Empresa XYZ, somente 8% dos funcionários alcançaram seu Salário Objetivo em 3 anos.

Revistas como a Exame, irão publicar as 500 Melhores empresas para iniciar seu emprego.

Aí, você que decide em que empresa você quer trabalhar no seu primeiro emprego.

Eu sei que muitos irão dizer que no início os trabalhadores irão se ferrar, negociarão mal.

Pode ser, mas Técnicas de Negociação deveria ser uma matéria obrigatória nas escolas, e não Sociologia ou Cidadania.

Na realidade, ser cidadão é lutar pelos seus interesses e não delegar isso para intermediários e intelectuais  “bem” intencionados.

Em São Paulo, Estado que mais possui administradores profissionais tocando empresas e não patrões sem formação, 100% dos funcionários começam com o salário de R$ 900,00 ou acima.

É porque administradores socialmente responsáveis se preocupam com os Stakeholders, e não somente com os Stockholders.

Pior, o Salário Mínimo virou uma âncora para baixo, devido ao déficit monstruoso da Previdência Estatal, algo que os velhos jornalistas econômicos, prestes a se aposentarem, nada falam.

Se você é um dos vários deputados que nos seguem, converse mais com administradores, engenheiros,  RHs e contadores sobre a questão do Salário Mínimo, em vez de ficar numa teoria do século passado.

(Lido por 48 pessoas até agora)

UA-1184690-14