Socialistas x Conservadores. Parte 4

 

Tempo de leitura: 1 minuto

 

Socialistas tendem a ser as pessoas mais nômades de uma sociedade.

Conservadores tendem a ser as pessoas mais sedentárias de uma sociedade, aquelas que acreditam em melhorar a comunidade em que você mora e não abandoná-la.

Conservadores tendem a ser os mais otimistas com relação às suas cidades, socialistas os mais pessimistas.

Socialistas em vez de melhorá-la ou “conservá-la” migram para outra cidade que lhes ofereça maiores oportunidades.

Lula, que poderia ter tirado Garanhuns da miséria em que ela vive até hoje, abandonou sua cidade natal para poder desfrutar do Capitalismo pujante, de São Paulo.

Lula foi o filho pródigo que Garanhuns esperava um dia ter. Inteligente, articulado, poderia ter sido o primeiro empreendedor que Garanhuns teve em 500 anos.

Mas em vez de retribuir a todos aqueles que o educaram e o cuidaram na infância, ele os abandonou para uma vida melhor “danem-se meus amigos de infância”.

Como migraram Dilma, José Dirceu, Jacques Wagner, Paul Singer e o FHC, que é carioca e não paulista.

Conservadores não acreditam em “salvar” o mundo, e sim em melhorar as condições das pessoas com quem convivem, e jamais abandoná-las.

Vinte anos atrás criei um site o www.voluntarios.com.br, onde eu apresento, até hoje, as entidades beneficentes que ajudam os outros mais próximos da sua casa.

Se você é um jovem Socialista que quer salvar o mundo, por favor, comece salvando as pessoas carentes a 1.000 metros da sua casa.

Aquelas que precisam desesperadamente da sua ajuda, enquanto você faz política estudantil na Faculdade para salvar o mundo.

Seja um voluntário no seu próprio bairro, acesse www.voluntarios.com.br.

 

(Lido por 98 pessoas até agora)

UA-1184690-14