O Engodo da Simplificação dos Impostos

 

Vários candidatos de Direita estão propondo reduzir o número de impostos.

Nossos impostos são complicadíssimos devido às centenas de exceções.

Mas o problema não é o número de impostos, dizem 48, que reduzido para seis melhoraria a situação de nossos contadores e tesoureiros.

Uma empresa média emite 4.000 pagamentos por mês, cada um precisa ser calculado. Pagar mais de 40 impostos separadamente não é problema.

O que as empresas realmente precisam é:

  1. Mais prazo para pagar os impostos, hoje em média de 15 dias. Já foi de 120 dias em alguns casos.
  2. Quando a empresa vender a prazo, o imposto deverá ser pago somente após o recebimento do cliente.
  3. Hoje o governo recebe antes dos clientes, e inclusive de clientes que não pagam. O item 2.0 resolve esse problema.
  4. Fim da substituição tributária.
  5. O governo tornou nossas empresas em arrecadadores de impostos a custo zero. Eu daria uma comissão de 2% por todo imposto arrecadado na fonte.
  6. ICMS e IPI seriam calculados pela Demonstrativo de Valor Adicionado, e não pela diferença entre impostos pagos.
  7. Diminuiria a periodicidade de muitos impostos mensais para semestrais.
  8. Permitiria empresas fecharem seus balanços nos meses que lhes forem mais convenientes, e não em 31 de Dezembro.

Tem mais, só quero mostrar o que realmente precisamos no curto prazo.

Proposta 10. Precisamos Aumentar os Prazos dos Impostos

1 Comment on O Engodo da Simplificação dos Impostos

  1. Stephen,
    Ótima idéia. No começo de muita empresa e/ou em épocas de crise, é grande a quantidade de empresários que deixa de recolher impostos. É difícil o acesso ao crédito e o capital de giro sai desse não recolhimento. Muitos fazem já contando com o Refis.
    Comissão pelo imposto arrecadado é bom ou desconto nos impostos que essa empresa que retém também seria uma boa.

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14