Superestimação da Inflação

Eu já fiz o que pude nesse caso. Uma andorinha não faz verão.

O IGP-M é impregnado pelo peso dos índices de atacado.

Preços por atacado são preços a prazo de 30, 60 e 90 dias, especialmente nessa pandemia.

Todos os fornecedores aumentaram seus prazos de recebimento, espero que os leitores confirmem.

E aí embutem juros de 30, 60, 90 dias, que embutem 1 a 3 meses de inflação futura.

Como economistas não trazem a valor presente esses preços, eles contêm não somente a inflação do mês, como a inflação de mais 1 a 3 meses, superestimando a inflação.

A inflação não subiu 17% foi só o índice equivocadamente calculado.

Espero que vocês façam algo que eu não consigo fazer.

Salvar esse país de um erro bobo de mensuração da inflação.

Ou leiam meu estudo detalhado com o mesmo título na Scielo.

Compartilhe:
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Comentários

5 Responses

  1. Bom dia! Tenho um pequeno supermercado. Os fornecedores não aumentaram os prazos (ao menos os meus), ao contrário, passamos por um arrocho nos prazos de pagamento e por dificuldade de abertura de crédito em outros forncedores (liberam somente à vista) em função, segundo eles, da grande inadimplência.

  2. Então quer dizer que injeção de liquidez com aumento de M1 e M2 tanto awui no Brasil como nos Eua e Europa não farão refletir na inflação no longo prazo?? Gostaria de entender o seu ponto de vista? Att

  3. A realidade no meu segmento de mercado é de falta de materia prima para a maioria dos componentes, faltam poilimeros, papelão, cobre, aluminio, etc. O aumento de preços é generalizado e é pegar ou largar ou melhor, pagar ou ficar sem. Na outra pon ta o mercado de varejo esta dando bons sinais criando um stresss absurdo. Não há credito e para uma empresa em RJ, mesmo se recuperando, é vista como alto risco. O Ministerio Publico e o Judiciario parecem estar em outro planeta. Infelizmente o cenario é vermelho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais Recentes

Outros Assuntos

Outros Canais

Receba os artigos por e-mail
Leia Mais

Artigos Relacionados

Ânimo, Minha Gente!!!

Nos meus 40 anos de administrador e macroeconomista nunca vi tantas pessoas desanimadas e descrentes quanto ao futuro do Brasil como agora.  Em 1993 também

Artigo Completo »