Precisamos de Bons Entrevistadores

Brasileiro não lê livros, não tem líderes que respeitam, por isso ter bons entrevistadores que entrevistem pessoas inteligentes e competentes é tão necessário e importante.

É disso que o Brasil precisa.

Entrevistadores bons entrevistando pessoas boas, com perguntas boas, ouvindo e explorando as respostas boas, repetindo as ideias boas, resumindo bem o que foi dito.

Mas não é isso que vemos na TV, nas mídias sociais e nos jornais.

O que tenho visto é mais ou menos isso:

1. Pessoas burras entrevistando pessoas inteligentes sem entender nada do que foi dito.

2. Entrevistadores burros deliberadamente entrevistando pessoas mais burras ainda, para poderem aparecer.

3. Entrevistadores burros com perguntas prontas, uma após a outra, sequer ouvindo as pérolas de sabedoria ditas, pois estão procurando a próxima pergunta na lista.

4. Entrevistadores arrogantes que acham que sabem mais do que o entrevistado.

5. Pessoas inteligentes ficando em casa, e pessoas com Distúrbio de Personalidade Narcisista aceitando de graça todo convite possível para serem entrevistados.

O pior é que a maioria dos entrevistadores nos Estados Unidos são ex-comediantes frustrados.

Mais preocupados em achar a piada, fazendo todos gargalharem em vez de pensarem.

Eu gostaria de ver um programa, onde pessoas inteligentes e competentes entrevistassem outras pessoas igualmente ou mais inteligentes e competentes.

Seria pedir demais? Não seria o mínimo esperado?

Quero ver entrevistadores usando a sua inteligência para ouvir, e não para falar.

Quero alguém que possa destilar, simplificar, resumir, explicar de uma segunda forma as pérolas de sabedoria ditas.

Conversei com várias rádios e TVs, ao longo dos meus 50 anos de vida ativa, para fazer um programa de entrevistas, copiando Crosstalk, um sucesso inglês.

Dois entrevistadores, um de centro direita outro de centro esquerda, porque não há mais ninguém inteligente de extrema direita nem de extrema esquerda, entrevistando duas pessoas ao mesmo tempo.

Isso permitiria perguntas sem o viés político que temos hoje, e respostas mais variadas.

Por isso decidi realizar o meu sonho.

Hoje todo cidadão possui um canal de TV, razão deste pânico da Globo e da sua luta contra a mídia comunitária e democrática.

Vou criar um canal de entrevistas e passarei a ser um mero entrevistador.

Mais preocupado em divulgar as ideias dos outros e não mais as minhas.

Quero extrair o melhor do meu entrevistado e não o destruir.

Quero levantar a bola do entrevistado, e não ganhar toda rodada intelectual para me mostrar superior ao um Jordan Peterson, que o tornou famoso e a entrevistadora desacreditada.

Quero explorar ideias novas e não as matar no nascedouro.

O problema é achar essas pessoas inteligentes, que não são mais entrevistadas ou que tem medo de serem arrasadas.

Ou as novas cabeças pensantes ainda não descobertas e que nunca foram entrevistadas.

Narcisistas, nem pensar.

Quem souber de pessoas realmente inteligentes e competentes no seu assunto, me enviem seus nomes e um breve currículo.

Garanto que ele ou ela sairão do programa parecendo heróis, e não o entrevistador vitorioso como sempre.

Garanto que todos que assistirem, em vez de boas risadas, sairão com boas ideias para se aprofundar.

Quem for um craque em produção e quiser também ajudar agradeço. Dessa parte, eu não entendo.

Por Que Jornalistas Entrevistam Pessoas Mais Burras do Que Eles?

(Lido por 1569 pessoas até agora)

32 Comments on Precisamos de Bons Entrevistadores

  1. A mídia considera o público com um ser muito burro, em consequência disto preparam todos os programas para esta visão distorcida da realidade.
    Até os documentários ficaram um saco, cada entrevistado fala uma frase que no final do bloco o locutor repete tudo que falaram.
    Para termos entrevistadores que perguntem com inteligência primeiro teremos que ter uma mídia com coragem de perguntar. Acho que no fundo faltam pessoas com coragem de perguntar e ouvir.

  2. Excelente ideia! Em tempos de pandemia sugiro o Prof. Paolo Zanotto, virologista ou o fantástico prefeito de Porto Feliz, São Paulo, Dr. Cassio Prado, que desenvolveu, informando-se amplamente, um protocolo para tratar a COVID-19 que mantém a cidade de 55.000 habitantes sem óbitos.

  3. Parabéns, ótima idéia. Indico Murilo Gun e Waldez Ludwig para entrevistados.

  4. Professor, infelizmente não conheço pessoa alguma que seja brilhante (isto me inclui), mas aguardo ansioso este teu projeto.

  5. Caro Professor, outra sugestão para o seu Canal de Entrevistas: LUÍS BARSI, investidor individual (o maior deles na B3, SMJ!!!!). Um homem simples e humilde, sagaz, ousado e muito Inteligente.

    A história de vida dele é muito bonita!

  6. Boa tarde, Professor! Inicialmente parabéns pela iniciativa! Será, com certeza, um grande canal!

    Sugiro o nome de Ricardo Semler, empresário brasileiro, inteligente como poucos com ideias para lá de inovadoras!

  7. Bom dia, prof. Kanitz. Tenho uma lista de nomes a sugerir, indicar, sobre os quais podemos conversar. Meu contato segue abaixo.
    Ah, obrigada por seus textos sempre tão instigantes e inteligentes.

  8. Olá Prof. Kanitz!
    Estou estruturando uma ação semelhante, caso queira aproveitar nossa humilde ajuda, ficamos a disposição!
    Inclusive gostaríamos de sua contribuição em nossa ação.
    Obrigado!

  9. Parabéns pela iniciativa.
    Um excelente entrevistador que infelizmente não temos mais entre nós: Joelmir Beting.
    sugestões para entrevista: Gustavo Yosphe, Cláudio de Moura e Castro, Ex-senador Cristóvão Buarque, Gustavo Franco.

  10. Professor, urgente! Privatização dos portos: nas mãos dos chineses, sufocarão a nossa capacidade de controlar os fluxos de importação e exportação.

  11. Caro professor Kanitz,

    Meu comentário não coube no primeiro texto, mas como palestrante já passei por várias saias justas com entrevistadores amadores e despreparados, principalmente no interior do Brasil.
    Por precaução e me proponho chegar com antecedência e conversar com o entrevistador, fazer um resumo para auxiliá-lo na elaboração das perguntas.
    Mas primeiro uma entrevista de rádio interessante. Estava no interior do Mato Grosso do Sul e me convidaram para falar sobre Planejamento Tributário, que era o tema da palestra naquela noite.
    Na última hora ele teve que ausentar e me deixou cinco perguntas impressas e fiquei no estúdio respondendo e depois ele gravou as perguntas e ficou bom.
    Em outra oportunidade conversei com o entrevistador da TV, mas quando entramos no estúdio para fazer o programa ao vivo, ele foi para uma sala e me deixou em outra.
    Eu assistiria as perguntas dele por um monitor de TV junto à câmera e até tudo bem, mas quando já estávamos no ar veio alguém e tirou o som da TV.
    Como eu havia praticamente elaborado o roteiro, me mantive fiel a ele, mas o rapaz resolveu inovar e mudou as perguntas. Eu não sabia o que ele estava perguntando e respondia pelo roteiro original. Foi uma verdadeira pornochanchada.
    Aqui em Cuiabá uma dondoca com programa de variedades me convidou para falar sobre Educação Financeira, mas ela fazia merchandising de cosméticos ao vivo nos intervalos e levava um cachorrinho para o estúdio.
    Estávamos de pé e ela fez a primeira pergunta e saiu para organizar os produtos no balcão ao lado, o que me obrigou estender ao máximo a resposta, um verdadeiro discurso e não percebi que o assessor canino havia se alojado ao meus pés e conforme me movimentei pisei no cachorro, que fez uma gritaria infernal e tive que usar o bom humor para não piorar a situação.

    Abs

  12. Caro professor Kanitz,
    Os problemas dos entrevistadores são vários e incorrigíveis.
    Tem aqueles que para demonstrar conhecimento pelo tema fazem uma pergunta tão longa e detalhada que não sobra nada para o entrevistado responder;
    Tem outros que criam um programa de entrevistas mas não estabelece um propósito e aceita entrevistar qualquer curioso que aparece;
    Aqui em Cuiabá o advogado de uma entidade de classe criou um programa de nome bonito OBSERVATÓRIO EMPRESARIAL, mas permitiu que os políticos invadissem e 90% dos entrevistados eram políticos e o programa naufragou;
    Um outro mercenário, convidava para entrevista com uma condição, o entrevistado teria que cabalar um anunciante para veicular um número “x” de anúncios no decorrer do programa com tantos intervalos;
    Temos atualmente um velho conhecido nosso que não tem paciência para aguardar o entrevistado concluir a resposta e frequentemente corta sem a menor cerimônia.
    Esse mesmo, recentemente me convidou para falar sobre Empreendedorismo e pediu que eu enviasse o escopo da nossa Palestra sobre o tema. Enviei, ele formatou a entrevista, mas levou um professor universitário, também conhecido nosso que ministra aulas de empreendedorismo nos cursos de pós-graduação. Mas esse professor já tentou empreender três vezes e foi à lona.
    Realmente estamos precisando de bons entrevistadores, que estudem o tema para fazer perguntas pertinentes e como o senhor disse, aproveitar as respostas do entrevistado para alimentar novas perguntas.
    SUCESSO!!!!!

    Abraços

  13. Caro Professor, por favor deixe-nos saber quando será a estreia desse fantástico projeto!

    Obrigada
    Ellie Carson

  14. Meu nome é Leandro Sérgio. Pode contar comigo para a produção Prof. (11) 98291-8038

  15. Prof. Kanitz,

    Como já me coloquei há um bom tempo para sua assistente, voluntario-me em auxiliá-lo.

    Sinceramente,

    BB

  16. Boa tarde professor, sugiro entrevistar Gil Giardelli sobre o tema inovação. Att. Gilnei Soares

  17. Boa iniciativa, Professor. Gostaria de vê-lo entrevistando o Paulo Guedes, seria um marco na história. E melhor aínda, que se juntasse à Revista Oeste para comandar tais entrevistas toda semana

  18. Adoro entrevistar. Sou pós-doutorado em Direito do Trabalho e pós-graduado em Comunicação Jornalística pela Casper Líbero, com trabalho final com o título Roteiro para entrevistas na televisão Hoje, às quartas-feiras, entrevisto pessoas no meu Instagram, e satisfaço essa minha paixão por meio dessa rede social. Parabéns pelo texto e por nos brindar com seu novo projeto.

  19. Prof. Kanitz recomendo entrevistar qualquer chefe de família (homem ou mulher) de classe média, conservador em costumes, liberal em economia, empreendedor daqueles que começam o mês com zero receita, uma pilha de impostos e contas a pagar e um relógio sobre a mesa lembrando-o que o fim do mês está cada dia mais próximo. Não sei se o Sr vai colher pérolas intelectuais mas com certeza, com a sua inteligência acima da média, seremos brindados com um relato do que é a VIDA REAL, longe da manipulação ideológica cafona que permeia o debate público brasileiro.

  20. Excelente ideia. O jovem Caio Coppolla é um excelente exemplo de desperdício de capacidade quando é confrontado com um debatedor de esquerda excessivamente enviesado e limitado no “Grande Debate” da CNN. Imagine quão produtivo seria esse debate como outro debatedor de igual quilate. Posso te auxiliar na elaboração de perguntas que envolvam a área médica com outros temas. Sou médico há 41 anos.

  21. Eu recomendo para ser entrevistado Ricardo Cardim. Botânico e Paisagista, mora em São Paulo-SP. Mestre em Botânica pela USP, atua sobretudo divulgando a importância da Biodiversidade, especialmente preocupado com a invasão de espécies de flora exóticas nos jardins, praças e ruas de São Paulo. Não alimentam nossos pássaros nativos, gastam muita água para crescer. Criou o conceito de “Florestas de Bolso”, muito interessante. http://www.cardimpaisagismo.com.br/team/ricardo/
    Floresta de Bolso: http://www.cardimpaisagismo.com.br/projetos/floresta-de-bolso/

  22. Sempre foi meu sonho! Mais modesto em razão da dificuldade, mas certamente uma necessidade para o país! Sugiro o nome de Roberto Leal Lobo para falar sobre Educação Superior, Ciência e Tecnologia, Foi Reitor da USP e da UMC, criador do Laboratório de Luz Syncrotron (o primeiro do Hemisfério Sul) com forte formação no exterior e grande experiência, sempre esteve à frente de seu tempo e tem um livro maravilhoso que escrevemos sobre sua notável carreira onde corajosamente assume posições incomuns no dia de hoje “Desafios e Escolhas de uma Liderança”. É atual presidente do Instituto Lobo pelo qual realiza pesquisas e projetos inovadores e jamais atuou em favor de outra coisa que não fosse pelo bem do país! O site do Instituto está em renovação porque acabamos de voltar de 5 anos nos EUA. Grande abraço e boa sorte!

  23. Te acompanho há mais de 20 anos. Parabéns pela sua perseverança em querer o melhor e lutar por isto. Abraço

  24. Bom dia, Prof. Kanitz.
    Parabéns pela iniciativa. Estamos com uma grande carência de boas matérias. Hoje a maioria dos entrevistadores se apegam a superficialidades e fofocas.
    Tenho seguido uma pessoa a Srta. Debora G. Barbosa. Ela é brasileira jovem mas tem uma forte personalidade e experiência. Está há tempo vivendo na Inglaterra e tem também um blog e vídeos no Youtube, assuntos sobre a Nova Ordem Mundial e outros de interesse social. Segue o link do wiki dela…. https://wikitia.com/wiki/D%C3%A9bora_G._Barbosa … Espero que possa aproveitar e entrevistá-la. Um forte abraço

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14