Direitos Trabalhistas na Rússia

 

Perguntei a um administrador russo, como eram as relações com empregados depois de 70 anos de socialismo.

Para minha surpresa ele afirmou que “eram uma maravilha”.

“Tudo mundo cumpre suas metas de produção.”

Ele me explicou que durante o Socialismo, quem não cumpria a meta do mês tinha seu salário reduzido. ( artigo 118).

E se repetisse seria demovido a um cargo inferior.

“Hoje nenhum trabalhador aqui reclama, muito menos entra na Justiça do Trabalho.”

Óbvio, por 70 anos quem reclamasse seria transferido para a Sibéria.

As Leis do Trabalho durante o Socialismo, eram preocupadas com produção, mais do que proteção do salário.

Tanto é que o primeiro capítulo das Leis Trabalhistas Socialistas denominava-se “Do Trabalho Compulsório”.

Até estudante tinha que trabalhar, alô alô pessoal da Unicamp, USP e UNE.

Fica claro que o Socialismo foi um engodo para o trabalhador Russo, como foi para o trabalhador brasileiro, menos para os sindicalistas e os membros da nomenclatura.

Leia http://bit.ly/2tJJoAE

(Lido por 1897 pessoas até agora)

UA-1184690-14