O Dia em Que Pedi a Cameron Diaz em Casamento

 

Foi em Oxford, 2009, na conferência do Ted Global.

E quem senta ao meu lado? Cameron Diaz, herself.

No primeiro intervalo fiz o que sempre faço com pessoas famosas.

“Prazer, sou Stephen Kanitz, jornalista do Brasil, e você faz exatamente o quê?”

Posso ter passado por idiota, mas gente famosa adora se sentir normal novamente, conversar com alguém que nem sabe que ela é famosa, desinteressadamente.

E deu certo.

Comentários para lá e para cá, ficamos amigos.

“Amanhã eu posso reservar seu lugar aqui novamente?”

Sure.

No terceiro dia, comentei.

“Nossa, descobri que você é super famosa, você nem vai mais querer conversar comigo.”

“Imagine Stephen, você é lindo e muito inteligente.”

Talvez ela não tenha dito exatamente o termo “lindo”, mas foi algo como “handsome“.

No último dia, na última seção, criei coragem, virei para ela e disse.

“Cameron, eu vou ter que lhe fazer uma pergunta complicada. Se eu não fizer, me arrependerei pelo resto da vida.”

“O que você gostaria de me perguntar?”

Would you marry me?”

Os próximos segundos foram os mais longos da minha vida.

Com classe, ela olha fundo no meus olhos e com um sorriso que jamais esquecerei disse.

I will think about it.

De volta para o Brasil, contei para todos os meus amigos a minha ousadia.

Contei também para minha esposa Lilian, que disse a mesma coisa, “sei, conta outra”.

Nas duas semanas seguintes, esperando ansiosamente pela resposta, comecei a refletir melhor no que havia feito.

E se ela respondesse sim?

O que eu faria com a Lilian, minha companheira de 40 anos, minha parceira, meu escudo nas horas difíceis, minha cúmplice de tantas coisas?

Foi aí que decidi que responderia Não.

O que eu faria com uma Cameron Diaz?

Leva-lá ao orgasmo duas vezes ao dia? Na minha idade?

E como eu iria apresentá-la aos meus amigos como o Zé, o Oscar, o Ruy, o Fernando, um bando de pé-rapados?

Quando ela conhecia o Pitt, o Clooney, o Cruise?

No way.

Meu mundo será o da Lilian, minha esposa, e dos meus amigos, mesmo aqueles que não acreditaram que pedi a Cameron em casamento.

Portanto Cameron, minha resposta será não, I’m sorry.

Podemos nos manter amigos?

 

(Lido por 913 pessoas até agora)

UA-1184690-14