Banco do Brasil Precisa Ser Dividido

Discordo. Banco do Brasil Precisa Ser Dividido em cinco.

E aí sim, privatizado em cinco Bancos Regionais.

Bancos que conheceriam o interior desse país, as diferenças regionais e as demandas específicas de cada região.

Isso também iria reduzir a concentração bancária, geraria mais competição, e acabaria com o monopólio dos engenheiros de São Paulo que com seus algoritmos dominam os principais bancos.

Executivos de São Paulo nada conhecem desse país afora, podem crer.

Dividindo em cinco, teremos o apoio da alta cúpula do próprio BB, todos ávidos pelos novos cargos a serem criados, quatro diretorias a mais a pleitear em todas as áreas.

BB é ineficiente porque é grande demais.

BB privatizado do jeito que está seria monopolista como sempre foi.

Pensem nessa ideia, vocês que querem privatizar tudo do jeito que está.

Compartilhe:
WhatsApp
Email
Facebook
Twitter
LinkedIn

Comentários

8 Responses

  1. Excelente ideia!
    O Brasil não é único. Bancos regionais ajudariam efetivamente o desenvolvimento.

  2. BRASIL NECESSITA NAO DO BANCO DO BRASIL MAIS DO BANCO MUNICIPAL DE CADA CIDADE EXEMPLO BANCO AMERICANA-SP-BR – BANCO PALMAS- TO-BR- BANCO MANAUS – AM-BR
    CADA MUNICIPIO MOVIMENTARIA O PIB MUNICIPAL SOB RESPONSABILIDADE DO BANCO DO BRASIL – CAIXA ECONOMICA FEDERAL – BANCOS GOVERNAMENTAL- + BANCOS PRIVADOS EM PARCEIRIAS COM O BANCO MUNICIPAL.
    AI ESTARIA CENTRALIZADO TODO MOVIMENTO DO MUNICIPIO FACILITANDO AS DEMANDAS EMPRENDEDORISMOS MUNICIPAIS MICRO CREDITO E MACRO CREDITO PARA TODOS . ATRAVES DO SEBRAE – SESC- SENAI- CATEGORIAS CLASSISTAS EM TODAS AS AREAS PODERIAMOS MELHORA MUITO SISTEMA FINANCEIRO BRASILEIRO.

  3. Uma boa ideia. Porém, tudo que se fragmenta no Brasil aumenta custos e da margens para mais corrupção. É difícil pensar em soluções neste pais com está nossa realidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Mais Recentes

Outros Assuntos

Outros Canais

Receba os artigos por e-mail
Leia Mais

Artigos Relacionados

A Cultura do Desapego

Uns 20 anos atrás, o meu amigo e presidente da Alcoa, Alain Belda, me mostrava a fábrica no Maranhão. Inspecionando as instalações, Belda me apresenta

Artigo Completo »