Se Karl Marx Tivesse Lido Sobre Administração

Desde o século IV a.C já existiam livros de administração, desde os relatos de Hemiunu, o administrador dos 20.000 trabalhadores das Pirâmides, até Chanakya, o autor de Administração do Estado na Índia.

Poucos administradores, contadores e auditores são de Esquerda porque somos pelo jeito os únicos que percebem o total desconhecimento de Marx em contabilidade, em cima da qual toda a sua teoria está baseada.

Marx errou até o nome do seu livro, “Das Capital”, pasmem.

O título certo deveria ter sido “O Ativo”, ou “Investimentos Produtivos”.

Marx nem sabia que Capital é uma dívida, e não um “meio de produção”.

Todos os marxistas até hoje são ignorantes totais em administração, contabilidade e auditoria devido a Marx.

Por isso, não percebem que o Marxismo é na realidade um movimento contra o aumento da produtividade do trabalhador devido à revolução industrial.

Eles se opõem veementemente porque no primeiro momento gera de fato desemprego para uns, mas preços menores para todo o resto da população e os pobres.

Outra que teriam apreendido é que nós administradores teríamos sido os primeiros a remunerar nossos trabalhadores por peça produzida em vez de salário fixo por mês.

Administradores (e capitalistas) odeiam assumir despesas fixas, nesse caso salários, independentes da produção.

Isso aumenta o risco que sempre queremos diminuir.

Administradores estão sempre tentando trocar despesas fixas por despesas variáveis, atreladas à produção.

Quem não queria esse tipo acordo eram justamente os trabalhadores chão de fábrica. Eram eles que recusavam trocar seus salários fixos por uma % da produção.

“Vocês vão garantir uma produção mínima todo mês?” A resposta vinha “não temos como, depende dos clientes satisfeitos”.

Seres humanos são avessos normalmente ao risco, por isso aceitam “a mais valia” do que correr o risco de não ganhar nada.

Tivemos mais sorte com vendedores, esses, por várias razões, aceitavam ganhar por comissão das vendas.

E centenas deles se tornaram pessoas extremamente ricas, e não foram, portanto, “exploradas” pelo capitalismo.

Pelo contrário, muitos donos de empresas se sentem explorados pelos seus vendedores, mas dependem deles e fim de papo.

Toda teoria da “mais valia” está calcada justamente nesse binômio salário fixo versus aumento da produtividade promovida pelo capitalismo.

Trabalhadores chão de fábrica, por ignorância de seus líderes, recusavam trocar um salário fixo, como a maioria dos funcionários públicos de Esquerda, por uma parte da produção.

A mais valia ocorre pela aversão ao risco, e não pelo capitalismo como acham marxistas até hoje.

O capitalismo quer sempre trocar despesa fixa por despesa variável, atreladas à produção.

Nisso que dá não saber como o mundo realmente funciona.

O estrago que um único intelectual de Esquerda fez para a humanidade é algo muito preocupante.

O estrago que seus seguidores Marxistas fizeram, estes mais ainda totais ignorantes de administração, contabilidade e auditoria, é para deixar todos vocês preocupados.

(Lido por 907 pessoas até agora)

4 Comments on Se Karl Marx Tivesse Lido Sobre Administração

  1. O ex-senador, Roberto Requião, naquele debate com o Kim Kataguiri, afirmou que a produtividade apenas aumenta o desemprego e usando Henry Ford como fonte. Daí temos uma idéia do problema

  2. E Engels? Ele era dono de quatro fábricas em Inglaterra e dirigiu elas durante 20 anos. Deste a derrota da Liga do Justos em 1852, em França, até deixar o cargo para organizar o Partido Social-democrata Alemã em 1972

  3. Stephen, não sei porque essa insistência em falar de Marx. Nenhuma pessoa sensata (liberal, conservador ou socialista) acredita/aceita 100% do que seus teóricos escreveram. Há sempre a luta de “regra x exceção”. “O capitalismo quer sempre trocar despesa fixa por despesa variável, atreladas à produção.” Ok, o patrão pode correr risco, ficar meses/anos sem lucrar. Mas, o empregado não pode ficar um mês sem levar comida pra casa. Não dá para EXIGIR que uma pessoa que depende de salário para comer que “corra riscos”. É simplesmente DESUMANO.

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14