Curso de Liderança

Se um dia elegerem um deputado federal pelo Partido Bem Eficiente, uma das leis que iria propor é esta.

Obrigatoriedade de um Curso de Liderança para todos as profissões e cargos que lidam com um grande público.

Isto iria desde os Chefes de Bandas, em boates sem alvará e segurança, até Presidentes da República.

O caso da Boate Kiss, onde o Chefe da Banda foi o primeiro a perceber o fogo que acabou matando 230 pessoas, com microfone na mão, com a atenção de todos voltada para ele, simplesmente não soube o que fazer no momento, ele, o primeiro a saber do fogo que tinha causado.

Em vez de parar a música e liderar todos a virarem de costas e rumarem lentamente para a saída, o que levaria 2 minutos, ele sendo o último da fila a sair, ficou quieto.

Usou a informação para ser o primeiro a sair, mais por ignorância do que deveria fazer, do que pelos seus instintos animais de preservação da pele.

Quem lida com 1200 pessoas, precisa sim ter feito um curso de liderança. Deveria ser obrigatório.

Os primeiros que deveriam fazer o curso seriam a Dilma, e por que não o Serra.

A primeira pelo seu estilo truculento de liderar, Teoria X que não se usa mais, nem no tempo de Fayol.

E o Serra porque seu estilo de liderança está fazendo justamente o contrário, destruindo o PSDB, único partido de oposição que tínhamos.

Já que a opinião pública é contra líderes terem um curso de administração, que pelo menos tenham um Curso de Liderança, o que para mim seria o óbvio, mas para a maioria da mídia na internet, não é.

(Lido por 50 pessoas até agora)

UA-1184690-14