Nada Aprenderam Com a Crise de 2008

 

Faz 10 anos da enorme crise financeira de 2008.

Os jornais estão cheios de entrevistas com intelectuais dando as mais absurdas interpretações.

Em 2007, previ essa crise colocando data e valor, não num paper obscuro, mas na própria Veja.

“…os bancos do mundo deixarão de emprestar 2 trilhões de dólares em 2008, só para poder se enquadrar nos ditames de Basileia I e II. Um tiro no pé dos bancos e na economia do planeta.”

O Brasil hoje não cresce pela mesma razão, o Plano Real congelou a capacidade de emprestar dos Bancos a níveis de 1994, outro tiro no pé, e ninguém critica os “gênios” do Real por isso. Acordem, por favor.

Quem mais escreve livros de história são sempre os “culpados”.

Os títulos desses livros deveriam no fundo ser um só. “Juro que não errei”.

Pessoas, como eu, não encontram razão para sair escrevendo livros acusando esses culpados. Só geram ódio e preconceito, já vejo isso nos meus artigos criticando esses imbecis. Chega!

Querem saber como a Administração Responsável das Nações teria evitado tudo isso?

Leiam o artigo original da Veja, e de quebra não contem com as promessas de crescimento de certos candidatos que se assessoram justamente com os que “não” lidaram corretamente com a crise de 2008.

 

A Crise Que Ninguém Entendeu

(Lido por 2129 pessoas até agora)

Seja o primeiro a comentar

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14