O Fundo de Fundos de Private Equity

 

Fundo de Fundos de Private Equity é o canal para pequenos investidores, family offices e pequenos fundos de pensão compartilharem numa área onde somente os grandes desfrutavam. Até agora.

Mas não é para qualquer um.

Primeiro, é um investimento de 10 anos, adequado para pessoas com 40 anos que sabem que precisam de uma rentabilidade maior do que 2% ao ano para se aposentar.

Dez anos é mais longo do que a maioria das pessoas estão dispostas a sequer pensar.

Mas por isto tem de entender do assunto. Se tudo correr bem, em 4 anos você recebe 80% a 100% do seu capital de volta. Grande coisa.

Como é um investimento muito rentável, a parte do lucro propriamente dita virá no quinto ao sexto ano.

Mas há um único problema se este quinto e sexto ano coincidir com uma enorme recessão. Aí, as PEs não vendem, como a maioria dos investidores em ações não venderiam. Melhor ainda, num Fundo de Ações os apavorados resgatam, e você será impedido de fazer isto.

Por isto as PEs pedem 10 anos, para terem 4 a 5 anos de margem de segurança.

Como nem todas as empresas que investem dão certo, do oitavo ao décimo ano você ainda receberá uns pingadinhos, que são as empresas em liquidação, onde só se recebe o que se investiu. Isto explica porque todas as PEs de fato pagam alguma coisa no décimo ano.

O gráfico é auto explicativo. Numa recessão, todo mundo espera. Este é o único senão para a maioria das pessoas físicas que pensam em si e não nas famílias, filhos e netos.  Que não é o caso de family offices e Fundos de Pensão.

 

Compartilhe:
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais Recentes

Outros Assuntos

Outros Canais

Receba os artigos por e-mail
Leia Mais

Artigos Relacionados

Nos Bastidores do Poder

Decidi contar um pouco da minha vida pública. Uma das partes mais elucidativas foi quando trabalhei no Governo, e descobri como as decisões econômicas do

Artigo Completo »