PL de 45 na Bolsa Será o Novo Normal?

Tenho lido muitos especialistas graduados da Bolsa afirmarem que o Ibovespa está chegando aos seus níveis históricos, e, portanto, a Bolsa está começando a ficar cara ou mais arriscada.

Este é um bom exemplo de analistas e jornais que analisam uma única variável para tomarem esse tipo de decisão.

Quando todos nós sabemos que múltiplas variáveis estão envolvidas.

Nesse caso específico, estão usando uma única variável, o T de tempo.

Ou o A de ano histórico, que dá no mesmo.

De fato, em termos históricos já estamos perto do “normal” histórico da Bolsa/PL entre 12 a 14.

Em 12 a 14 anos você teria o retorno do seu investimento.

Quando o juro real era de 5%, durante as décadas de 1980 a 2000, o “PL” de uma renda fixa era de 20 anos, 100 dividido por 5%.

Entre receber retorno de 16 anos certos da Renda Fixa, e uns 12 a 14 incertos na Bolsa, é mais do que natural que muitos aversos ao risco preferiam os 16 anos do Governo.

O deságio para evitar risco era 25% a menos.

A divisão do PL 12 da Bolsa, pelo PL 16 da Renda Fixa.

Hoje, porém, o juro real é negativo, zero ou muito baixo.

Depois de IR e comissões vou estabelecer um juro real de longo prazo de 1,5%, o que implica num PL da Renda Fixa de 60 anos.

Depois de 60 anos, você recuperará o seu investimento no Governo Brasileiro. Sei.

Isso se ele não quebrar até lá, não manipular a inflação nem aplicar congelamentos e deságios.

Aplicando o mesmo deságio de 25% sobre o PL da Renda Fixa de 60, teríamos um PL da Bolsa de 45.

Ou seja, o que seu perfil de risco prefere?

Ficar na Renda Fixa com PL de 45 ou um PL na Bolsa, risco e tudo, de 12?

Não vale a pena correr o risco de oscilações na Bolsa para ganhar 5 x mais do que na Renda Fixa?

E essas “oscilações” não são sobre uma reta como na Renda Fixa, mas sobre uma inclinação de 5% a 8%, soma do retorno e crescimento futuro.

Entre um PL 12, 14, ou até 25 da Bolsa, e de um PL 60 de uma Renda Fixa de um governo quebrado, sou Bolsa.

Mesmo sabendo que essa ficha vai demorar a cair, mas vai. É lógica pura.

O Twitter irá gerar bolha e desinformação a serviço dos vendidos.

Prefiro o PL lastreado em máquinas, galpões, estoques e clientes satisfeitos, do que em deficit públicos constantes e crescentes.

Compartilhe:
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Comentários

4 Responses

  1. Excelente análise!!! Dá nojo ler a “análise” rasa e tendenciosa de jornalistas, que nada entendem de economia!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais Recentes

Outros Assuntos

Outros Canais

Receba os artigos por e-mail
Leia Mais

Artigos Relacionados

Ânimo, Minha Gente!!!

Nos meus 40 anos de administrador e macroeconomista nunca vi tantas pessoas desanimadas e descrentes quanto ao futuro do Brasil como agora.  Em 1993 também

Artigo Completo »