O Verdadeiro Problema é Recomeçar Uma Economia Parada

Quem estuda administração sabe o problema de recomeçar a produção do zero.

O mundo nunca presenciou uma parada de quase 100% na economia global.

Na recessão de 1929, as empresas continuavam produzindo a 70% de capacidade, mas continuavam a produzir.

O problema era a “demanda”, ou “preferência por liquidez” em momentos de pânico gerados pela imprensa.

Se deixarmos a economia parar, não será demanda ou injeção de liquidez que fará a economia recomeçar, como acham economistas do mundo inteiro.

Vejam a foto acima.

Não serão “estímulos econômicos” que farão esses carros andarem de novo.

Nunca tivemos esse problema antes no mundo, nem acho que existe uma solução rápida e certeira.

“O fornecedor da peça 2345 quebrou. Nossa alternativa não pode mais importar da China.”

“As regras do Banco não permitem emprestar para quem já está nos devendo.”

Sistemas complexos funcionam quando estão em movimento. Se seu sistema sanguíneo parar, você morre.

Bolsonaro e Guedes estão certos, mas pelas razões erradas, e por isso não estão conseguindo se comunicar.

Bastaria mostrar fotos como essa.

E perguntar: como se faz para um sistema complexo recomeçar?

(Lido por 1421 pessoas até agora)

6 Comments on O Verdadeiro Problema é Recomeçar Uma Economia Parada

  1. Realmente, o Presidente não soube se expressar corretamente, sendo assim mal entendido. Economia e saúde têm que andar juntas, acredito eu, se uma para a outra entra em colapso.

  2. Elementar caro professor Kanitz, seria uma espécie de plano Marshall focado na pequena e média empresa, com uma boa redução da carga tributária, aliás seria um bom começo a reorganização de todos impostos no Brasil, algo que já deveria ter sido feito a muito tempo. O começo é por aí, e como diz a crendice popular com o andar da carroça as melancias se ajeitam.

  3. Esse atual sistema econômico ja era, estamos entrando na Era de Aquário teremos que pensar no coletivo, aqui no Brasil pesquisem quem são os bilionários, banqueiros, exploradores de funcionários em troca de um salario de fome, o dinheiro da educação nao chega onde tem que chegar, muito menos o da saúde e segurança pública, quanto mais poder do estado mais corrupção e desigualdade, somos ricos aqui mas somos enganados e ficamos brigando entre direita e esquerda o que nos impede de ver o todo e real.

  4. Professor Kanitz, agora devemos sim ser criativos, esquecer tudo que aprendemos e fazer um novo BRENTWOOD. Deveremos que inventar a roda, tudo mudou, as relações internacionais deverão mudar, novos sistemas de saúde, novos sistemas, econômicos financeiros, novas políticas de produção, etc,,,,.Devemos sim acordar com novas propostas, todo os sistemas antes do COVID 19 foram falhos.

  5. O COVID-19 proporcionou, via Estados “em calamidade”, o que os políticos não estavam conseguindo com o fim das velhas práticas: dinheiro fácil e possibilidade infinda para maracutaias nas compras públicas

  6. Fecharam o comércio e deixaram os cartórios de protestos funcionando. Várias empresas que já tinham escassez de capital de giro, não conseguiram honrar compromissos e tiveram o crédito cortado por restrições

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14