Socialismo X Capitalismo. Qual a SEMELHANÇA?

Provavelmente um milhão de livros foram escritos sobre as diferenças entre o Capitalismo e o Socialismo.

O resumo é mais ou menos que socialismo é bom, capitalismo é ruim, ou vice versa dependendo do interlocutor.

Quero um minuto de atenção para mostrar algo novo, partindo da SEMELHANÇA entre os dois sistemas. Prometo que vai mudar a sua forma de pensar sobre o assunto.

Poucos jovens brasileiros aprendem que o socialismo moderno precisa de tanto Capital quanto o Capitalismo.

Uma fábrica socialista também precisa de tornos mecânicos, computadores e sistemas elétricos que custam e necessitam de capital.

Hospitais socialistas também precisam de ressonâncias magnéticas, leitos que precisam de capital, e de poupança prévia, para serem construídos.

Portanto, os dois regimes são essencialmente Capitalistas.

Ambos precisam gerar poupança e capital para funcionarem. A época que só precisávamos de uma Foice e um Martelo para produzir é da época de Adam Smith.

Ambos portanto são sistemas Capitalistas, necessitam de acumulação de capital para investir e produzir bens públicos, aqueles que todos podem comprar.

A diferença está na forma como este capital acumulado é administrado.

No Capitalismo de Estado, que são as empresas estatais, quem escolhe os “administradores” é o Ministro da Fazenda, normalmente entre políticos da base aliada ou colegas de profissão.

Mais de 90 economistas já foram presidentes de estatais, todos sem formação. Mas são professores de confiança e bem intencionados. Eles só querem o nosso bem e nosso desenvolvimento.

No que chamam erroneamente de “capitalismo” brasileiro, que são as empresas de capital aberto em Bolsa, quem escolhe o administrador são todos os acionistas que supriram e pouparam o capital necessário para criar a empresa.

O que não ocorreu na Vale.

Portanto, precisamos modificar a nomenclatura.

Capitalismo Autoritário é quando um único indivíduo, o Ministro do Tesouro,  indica amigos ou políticos da “base aliada” para os “cargos de sua confiança”.

O outro vou chamar de Capitalismo Participativo ou Democrático.

No Capitalismo Democrático, aqueles que contribuíram com o capital da empresa têm o direito de recebê-lo de volta um dia, e têm o direito de decidir como este capital será melhor empregado.

No Capitalismo Autoritário, o capital é retirado na marra dos contribuintes que não recebem as devidas ações de volta, apesar do dinheiro ser deles.

No Capitalismo Democrático, as decisões da empresa são compartilhadas pelos seus milhares de acionistas, e todos têm direito a voto.

No Capitalismo Autoritário, os que contribuíram com o Capital não votam nem sabem que são acionistas de fato, e os que têm ações PN, ou seja 2/3 dos acionistas, não têm direito ao voto, uma ideia stalinista que ainda vigora no Brasil.

O Acionista Único é sempre o Tesouro, daí o nome.

Foram-se os tempos que o Capital que uma sociedade precisava eram somente uma Foice e um Martelo, símbolo de algumas alas socialistas até hoje.

Você então decida que tipo de Capitalismo você quer para os seus filhos.

Para mim tanto faz, contanto que sejam bem administrados. 

Quero deixar isto bem claro, em ambos os casos eu sei que 90% dos lucros são reinvestidos, por isto para mim tanto faz. O que me preocupa é que nem sempre são bem administrados. 

Se optarmos pelo Capitalismo Democrático, precisamos treinar mais administradores socialmente responsáveis, algo que venho lutando há mais de 30 anos.

Se optarmos pelo Capitalismo Autoritário, precisamos convencer os economistas que “administram” empresas como a Vale, Petrobras, BNDES, a se prepararem antes cursando pelo menos um MBA de Administração, e ter no mínimo 30 anos de experiência no ramo.

Algo que a velha esquerda e a velha direita brasileira nunca incentivaram.

(Lido por 8696 pessoas até agora)

13 Comments on Socialismo X Capitalismo. Qual a SEMELHANÇA?

  1. Ao HC

    Marx defendia que seria exploração um empreendedor e investidor ficar com parte do que ela produzido em seu empreendimento. Dizia Marx que TUDO que o trabalhador produzisse deveria ficar com ele. Embora Marx defendesse a indenização dos meios de produção, mas sem juros.

    Marx ao defender a idéia de Babeuf de “de cada um segundo sua capacidade e a cada um segundo sua necessidade” entrou em gritante contradição.

    Primeiramente Marx jamais pretendeu implantar o tal Comunismo e tão pouco prometeu faze-lo.
    Dizer que Marx desejava o Comunismo é o mesmo que dizer que eu desejo que todos possam voar e assim os veículos serão dispensados. Aliás eu também desejo que tudo apareça por mágica nas mesas e gavetas: comida, bebida e roupas.

    Marx jamais explicou como funcionaria o tal Comunismo e disse não ser preciso.
    É lógico. Imagine eu explicando como seria possível o mundo onde todos pudessem voar e se tele transportar, bem como sentar a mesa e lá estar todos seus desejos tanto quanto ao abrir a gaveta. …NÃO DÁ NÉ?

    Contudo Marx profetizou o Counismo após um “apocalipse socialista”. Dizia ele ser coisa do destino, da história.
    Ocorre que o tal comunismo só se implantaria naturalmente com a abundância absoluta e com o novo homem moldado pelo marxismo ou Socialismo científico.

    Ou seja, Marx recusou-se a explicar como seria sequer o tal Socialismo Científico na forma de DITADURA do PROLETARIADO que na verdade seria a DITADURA dos AUTOINTITULADOS REPRESENTANTES do proletariado.

    A idéia era que no Socialismo “Científico” o governo marxista seria o “REPRESENTANTE” do proletariado e portanto sendo o governo o dono dos meios de produção se entenderia serem os proletários.

    Por isso, talvez, a alta hierarquia na URSS se deliciava em mansões e DACHAS para representar os proletários que vivbiam na miséria. Todos os quitutes e luxos usufruidos pelos “representantes” eram na verdade usufruidos pelos “representados”. Quando Stalin se fartava num banquete eram os proletarios que estariam se fartando. …rsrs

    Esse foi o besteirol de Maarx que acusou os socialistas cristãos de serem UTÓPICOS e propôs o seu Socialismo “científico”. Como vemos, muito “científico” mesmo.
    Porém a verdadeira UTOPIA era exatamente o tal Comunismo como destino, com um “novo homem” altruista disposto a sacrificar-se pelos outros.

    Uma Utopia ainda mais idiota que a de Thomas More (medonha, ressalte-se). Tão idiota e estúpida que Marx recusou-se a explicar tanto quanto não explicou objetivamente o seu Socialismo “científico” ou DItadura dos AUTOINTITULADOS representantes do proletariado.

    Todo marxismo é uma AMONTOADO DESCONEXO de EMBUSTES CONTRADITÓRIOS. Coisa para imbecis e para safados se aproveitarem de imbecis.

  2. Ao Expert HC eu não resito de perguntar dentro de minha pobre ignorância :
    Capitalismo é sistema político de governo ou modelo econômico ?
    Socialismo é sistema político de governo ou modelo econômico ?
    Comunismo é sistema político ou modelo econômico ?
    A China é socialista ou capitalista ou os dois ao mesmo tempo ?
    Tem algum livro bom editado sobre o tema tão complexo e histórico com o contexto e cenário do final do século XX , digamos 1990 em diante ( depois da perestroika claro !!) que você recomende ou vamos continuar a discutir um tema importante mas obsoleto como o acima exposto ?
    Desde já obrigado !

  3. HC , porque vocês marxistas tem tanto medo de mostrar a cara, inclusive o seu sobrenome. Você hipocratamente trabalha num banco?
    E porque vocês marxistas sempre começam invocando Deus, e desqualificando a pessoa.

    Ou você se identifica e se responsabiliza pelos seus preconceitos ou não há possibilidade de diálogo.

  4. Meu Deus, quanta confusão !

    Primeiro, socialismo moderno? Quer dizer que havia uma socialismo antigo?

    Primeiro que Marx vislumbrava uma sociedade comunista e não socialista. O socialismo seria apenas uma fase (crítica ao programa de Gotha), onde coexistiriam o modo de produção capitalista e o pós-capitalista.

    Nesse sentido, é óbvio que o Capital aparece nessa fase transitória. Para Marx, Capital é trabalho acumulado.

    Leia o Capital e os Grundrisse e você verá a importância central que Marx dá para o desenvolvimento tecnológico nas mudanças das relações sociais de produção, como necessárias para o surgimento da sociedade comunista.

    A questão é o modo de produção capitalista faz uso da ciência e da técnica para aumentar o trabalho excedente, enquanto que no modo de produção pós-capitalista (comunista), faz uso da ciência e da técnica para aumentar o tempo livre, realizando as necessidades de todos.

  5. Eles (o poder) ainda batem na tecla: ‘quanto mais alienados, melhor’. Viva o bolsa família,… viva a explícita compra do voto. Pra que educar?

  6. O agricultor planta uma semente e pretende colher uma vagem com oito a dez sementes.
    Isso é lucro? Isso é impróprio?
    A empresa que não paga as contas fecha!
    Mas investimentos públicos, sobretudo na área social, não precisam comprovar retornos; pois o lucro é impróprio aos olhos da esquerda.
    E assim não emancipam os pequenos, e garantem a ciranda viciosa, atendendo ao interesse dos oligopólios.

  7. Eu trabalho em empresa pública e a administração de uma empresa que, de quatro em quatro anos, haja o que houver em termos de desempenho da empresa, tem toda a direção substitúida e todos os cargos trocados para aqueles mais simpáticos à nova administração é altamente nociva.
    O objetivo dos funcionários mais interessados é um só: arranjar outro emprego.
    A empresa é como uma família: filhos bem sucedidos saem de casa.

  8. Muito bem colocado Kanitz.
    Muitos também se esquecem do que é capital. As pessoas só pensam em máquinas, instalações, veículos, linha de produção, etc
    Capital é um conceito muito mais abrangente. Capital é tudo aquilo que permite aumentar a produtividade do trabalho; é o conhecimento por detrás da técnica; é aquilo que permite que a atividade de um indivíduo se torne coletiva.

  9. Perfeito e bem lembrado.
    A extrema direita tambem adora o Capitalismo Autoritario onde eles tem total controle da Gestão.
    Pior sempre apoiam a extrema esquerda, como foi o caso do Jose Alencar, para perpetuar o Capitalismo Autoritario.
    A imprensa brasileira o considera um Heroi, porque sao empresas de capital autoritario, tanto quanto.

  10. Caro Kanitz,
    Bela definição sobre Capitalismo e Socialismo, pela sua explicação, concluo que vivemos sob a forma de Capitalismo Autoritário, pois a maior parte das empresas listadas no IBOVESPA, ou são estatais, então dirigidas por indicação do Ministro da Fazenda, ou são empresas em que a maioria do capital votante está na mão de um pequeno grupo controlador(basicamente empresas de origem familiar)que também interferem diretmente na escolha e no planejamento das ações da empresa, que podem beneficiar ou prejudicar o acionista minoritário. São poucas as empresas aqui no Brasil, que tem uma administração profissional, sem qualquer tipo de interferência dos acionistas majoritários. Desculpe se estiver errado na minha visão.
    Um abraço,
    Antonio Ferreira

  11. Caro Professor:
    Saudações
    Opto pelo Capitalismo Democrático.
    Obrigado.

  12. ?Sabe a diferença entre o Capitalismo e o Socialismo?
    O primeiro, é a exploração do homen pelo homen… O segundo, é o inverso…

  13. Prezado Kanitz, depois da aula que obtive, faço minha
    opção pelo Capitalismo Democrático.

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14