Trump e Bolsonaro São Governos de Transição

Ambos esses governos são de transição, ou se quiserem de arrumação, geridos por outsiders políticos, levados ao poder por uma enorme insatisfação popular.

Frutos de uma revolta generalizada a essa incompetência administrativa dos governos anteriores, pela falta de auditoria pública, pela falta de crescimento, pela falta de atuação política e legislativa do Congresso.

Ambos, Trump e Bolsonaro, são outsiders do “esquema” político. Portanto, não são forças perenes que ficarão para “sempre”, como temem alguns.

Trump e Bolsonaro foram eleitos para arrumarem a casa, para fazerem essa limpeza necessária na nossa classe política tão corrupta quanto a Odebrecht, dessa imprensa tão desonesta quanto Judas etc.

Por isso, eles têm tantos inimigos e desafetos no estamento que aparelhou o Estado, e ambos lutam praticamente sozinhos, tal a mamata instalada.

Em administração, tudo isso também acontece nas melhores empresas.

De tempos em tempos, os acionistas colocam no poder um disruptor, um depurador, um carrasco, um “hatchet man”, para fazer o jogo sujo e arrumar a casa aos seus princípios originais.

Em vez de Trump e Bolsonaro contratamos consultores também de fora, como o Vicente Falconi e o Cláudio Galeazzi, que despedem apadrinhados, trocam o diretor financeiro e o diretor de compras, mandam a família dar um giro pela Europa, despedem 20% dos parasitas existentes.

Nem Trump, Bolsonaro nem Galeazzi sāo forças políticas permanentes, tenham certeza disso.

Ninguém aguenta reformas constantes nem Trump nem Bolsonaro nem nós.

São de fato grossos, desagradáveis, belicosos, rudes como teriam que ser nessa situação.

Mas o que 90% da população indaga é por que a Esquerda boicota tão ferozmente Trump e Bolsonaro que somente querem arrumar o desastre de governos passados e nada mais.

Ou será que a Esquerda no fundo é a Quarta Classe que quer “conservar” seus privilégios, custe o que custar?

Trump e Bolsonaro estariam fazendo um bem arrumando e saneando o país para o futuro que poderá ser deles.

A Esquerda brasileira e a americana estão dando um tiro no pé sendo contra as mudanças necessárias.

Esse também é o erro de vocês liberais, comunitários, conservadores e os de Direita que não apoiam Trump e Bolsonaro, e acham que são políticos medíocres sem capacidade de governar.

Eles são os “hatchet men” que o Brasil e os EEUU precisam de tempos e tempos.

Como Falconi e Galeazzi irão concordar comigo, o trabalho deles é somente esse, não são do tipo de liderança que se quer para sempre.

Conheço Cláudio Galeazzi pessoalmente, e ele é uma pessoa boa, generosa, mas que faz o papel de malvado.

Trump, Bolsonaro e Galeazzi fazem o jogo duro que precisa ser feito, corajosos que são.

Covardes somos nós nem todos os apoiamos com a veemência necessária.

Se você é de Esquerda ou de Direita, deveria ficar muito feliz que finalmente temos alguém tentando tornar esse país governável novamente com mais competência e eficiência.

(Lido por 7379 pessoas até agora)

26 Comments on Trump e Bolsonaro São Governos de Transição

  1. Bolsonaro arrumar a casa??? O sr. acompanhou a “carreira” política desse indivíduo?

  2. Fiz este papel em uma empresa, os inimigos surgiram de imediato, ameaças à família, o jogo foi sujo, consegui, mas confesso quase fui a óbito.

  3. corrigindo – conhecer outras opiniões – Logo se percebe pelos comentários o perfil da pessoa.
    Temos uns bitolados que não leem fora da cartilha esquerdista. Seria conveniente a leitura mais diversificada. É assim: alguém da esquerda disse isto; pronto é isto.
    Seria bom tentar entender o outro lado, conhecer outras opiniões.
    O mais complicado é explicar para um bitolado (com antolhos) que ele o é.

  4. Logo se percebe pelos comentários o perfil da pessoa.
    Temos uns bitolados que não leem fora da cartilha esquerdista. Seria conveniente a leitura mais diversificada. É assim: alguém da esquerda disse isto; pronto é isto.
    Seria bom tentar entender o outro lado, conhecer outras opinões.
    O mais complicado é explicar para um bitolado (com antolhos) que ele o é.

  5. PESSIMO!! DIZER QUE O CARA NAO TA NO ESQUEMA??? ACHO QUE VC TA NUM MUNDO PARALELO. UM GOVERNO DE EXCLUSAO, QUE ATE AGORA NAO FEZ NADA POR NINGUEM!!

  6. Não falo do TRUMP porque é uma questão dos americanos, e pelos meus parcos conhecimentos acho que Obama fez um grande governo, considerando o estado de coisas pós crise de 2008. Sobre o Brasil, não há o que discordar sobre o diagnóstico das causas da eleição de Bolsonaro e da necessidade de um freio de arrumação. O problema é que Bolsonaro não é o cara que vai arrumar nada. Vai brigar para sair e ao fim vai entregar pior do que recebeu.

  7. Uma piada completa. Outsider que é deputado inútil por quase 30 anos. E chamar o Bolsonaro de Hatchet Man, que é o homem do machadinho, da rachadinha, foi intencional ou foi ato falho?

  8. Chamar Bolsonaro de outsider é piada sem graça. O homem catalpultou toda a família na política. Está enchendo os bolsos dos militares e usando a fé religiosa para firmar o eleitorado. Péssima análise. Apoiar xenófobos, negacionistas e misóginos como transição necessária. Só se for pela teoria de Darwin.

  9. Otimo artigo; pena que existem alguns da teoria de ser contra por ser contra. Será que não temos no Brasil ninguém que seja honesto, carater ilibado e que possa dar exemplo de grandeza moral e administrativa?
    Certamente não é o Bolsonaro mas nesta procura não vejo ninguém da esquerda brasileira que tenha qq destes principios. O caminho seria um Tarcisio Freitas ministro da infraestrutura mas mais político e lider.

  10. Ótimo texto. Parabens! Precisamos ajudar nesta transição e retirar está turma de falsos políticos que durante a campanha se fazem de sérios e honestos só para chegar ao poder e nadar na corrupção sem serem investigados e punidos. Isto já vai começar com a troca de ministros no STF, e nesta eleição, o povo precisa pesquisar melhor sobre os candidatos, fazer isto fora dos meios televisivos e então realizar a escolha certa elegendo pessoas sérias e honestas e que nao tenham qualquer ligação com o sistema instaurado até 2018.

  11. Ótimo artigo! Que bom saber que continua excelente, Kanitz! Sucesso sempre!

  12. Será que é tão difícil perceber que um cara que passou trinta anos como deputado, sem apresentar uma mísera proposta que se salve, está mais pra 20% de parasitas do que pra hatchet man? Imagino que o Galeazzi tenha mais qualificação do que trinta anos mamando na mamata que agora se acha qualificado para extirpar… na boa!

  13. Também vejo dessa maneira, Kanitz, uma transição dura e mais do que necessária.
    Sei que a resistência é imensa, mas gostaria de ver o Bolsonaro mais disruptor.

  14. ki koisa!! texto vergonhoso.

    lembrei do piloto Nelson Piquet sobre Nigel Mansel:
    – precisa ter paciência o cara é chato e tem uma mulher feia pra cacete

  15. À depender de mim com toda minha família, essa transição durará o tempo que for necessário!… Até que se estingua a idéia de que o crime e a desodem compensa.

    Deus ilumine e proteja o nosso Presidente e as nossas famílias.
    “Viva a América”

  16. Na mosca! Só não concorda, quem não quer enxergar. E existem muitos cegos. Na maioria, esquerdistas.

  17. Coitado do Galeazzi. Ser comparado com um idiota vagabundo, como Bolsonaro, deve até doer na sua alma…
    Como que um imbecilizado, que vivia de pequenas corrupções, vai acabar com a corrupção???

  18. Mais um artigo brilhante, excelente e que não lemos na mídia tradicional, esquerda caviar, que está acostumada a verbas do governo para se sustentar, pois com assinaturas pagas, já estaria falida…
    O mundo perfeito não existe. Após DÉCADAS de incompetência, corrupção e enganação pura, precisamos MUITO de Trump e Bolsonaro!

  19. Penso da mesma forma, Professor.
    Bolsonaro tem a dura tarefa de acabar com a corrupção deste país. Isso leva tempo.
    Sem corrupção e com processos bem alinhados as coisas começam a tomar um rumo e diferente do que os 16 anos do PT que acabou com a dignidade deste país. Lá fora só se fala de corrupção, de ex presidente preso, enfim.. Bolsonaro está mudando essa imagem aos poucos pro nosso país.

  20. Prezado Kanitz, você provavelmente não responderá este comentário, mas gostaria muito que o fizesse.

    Se Bolsonaro estivesse mesmo disposto a arrumar e sanear o País, não teria, entre outras “refugadas”, enviado aquela proposta meia-boca de reforma administrativa para o Congresso. O melhor “hatchet man” da equipe de Guedes, Paulo Uebel, o autor da proposta original, demitiu-se no início de agosto por não concordar com uma reforminha tão ordinária.

    O fato é que Bolsonaro não tem 1/10 dos “guts” de Trump.

  21. Não concordo que Bolsonaro se enquadra nesse exemplo.
    Votei nele por conta do discurso, das posturas iniciais, dos compromissos de reforma; hoje está muito pior do que antes da eleição, ele abortou as reformas, a lava jato, a inflação real está fora de controle, o estado do Rio de Janeiro controlado pelos traficantes ou pelos milicianos.
    Triste realidade, é nós vivemos a realidade, não teorias econômicas e sociais.

  22. um turn around no governo, estilo Galeazzi. Nao vejo o Falconi neste papel, ele esta mais para estruturar processos. Estou de acordo com sua perspectiva, Bolsonaro foi uma alternativa e um protesto ao Lulismo, que diga-se de passagem esta em plena campanha presidencial.

  23. Parabéns pelo excelente artigo.
    Tomei a liberdade de reproduzir no Twitter.

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14