Seja Funcionário, Não Empresário

Empresários vivem com corruptos de todos os cantos, querem a mais valia que produzem.

Um desses grupos são advogados trabalhistas, que ficam na porta das fábricas.

Por isso ninguém empreende, ninguém estuda administração, ninguém quer empreender, e sim ser funcionário, de preferência público.

Compartilhe:
WhatsApp
Email
Facebook
Twitter
LinkedIn

Comentários

11 Responses

  1. Nos anos 1970 eu estudava administração na USP e nós, alunos, sempre nos questionávamos: melhor ser patrão ou melhor ser empregado?

  2. a Mafia da INjustica trabalhista vai acabar, marajas do judiciario q nada fazem, nada produzem, ninguem empregam, bando de parasitas da sociedade produtiva.

  3. Eu prefiro nem comentar, porque os menos esclarecidos na sua maioria não irão entender em uma simples explicação, os mais esclarecidos já sabem do que se trata e não é necessários entrar no mérito, só mais uma dica, o Brasil também é o país que mais concentra sindicatos no mundo, são 17,1 mil sindicatos, i n a c r e d i t á v e l, dispensa comentários, mas saber a verdade não ocupa espaço. 😡😡😡

  4. BRASIL E-SOLUTION
    EMPRESARIOS RESOLVERIAM ISTO FACIL ACABARIA TODAS ACOES TRABALHISTA COMO SOMENTE 50% ENTRE PISO MINIMO E TETO MAXIMO
    PARA PAGAR
    VAMOS VER CARGO PRESTACAO SERVICOS HORAS DE TRABALHO
    notoristas – profissional classe E – D- C-B-A
    teto salarial 10 salarios minimos
    8,75 salario mi9nimo
    7,50 salario minimo
    6,25 salario minimo
    5.00 salario minimo
    3,75 salario minimo
    2,50 saloario minimo o piso da categoria.
    se o piso e o teto salaria varia de 8.75 a 2.50 = resultado=
    11.0 pagar acima de 5.00 ou seja 5.50 estaria acima media de todas empresas
    qual funcionario pediria conta em uma empresa que pagasse 5.50 de salario minimo parta ter profissional qualificado e engajado com a empresa. e sem entrar na justica se a empresa tivesse ISO 9001- 14.000 – 18000 – outras qualidade total uma pergunta quantas empresas tem o iso 9001 no Brasil.
    classe E 87,5%

  5. Emprego público federal é de longe melhor que ser empresário, a despreocupação é tão grande que dá até depressão.

  6. Professor Kanitz sem dúvida este é um dos fatores que desestimulam investir em nosso país.
    Com certeza quanto menos governo e, quanto menor for a legislação trabalhista, mas democracia teremos e, com certeza, muito mais empregos.

  7. Professor Kanitz, sua perspicácia e visão de vanguarda são vitais para o nosso país, tão carente de novas posturas. Continue com suas excepcionais reflexões que muito agregam à vida dos brasileiros. Compartilhei em minhas rede e citei seu nome e a data. Parabéns por sua lucidez!

  8. Gente isso sequer tem fonte e as pessoas estão assumindo como verdade. Como se não houvesse trabalho escravo no norte e centro-oeste, bem como se por outro lado também não existe abuso de empresariado.

  9.  OIT (Organização Internacional do Trabalho) afirma que “não tem conhecimento da existência de dados que comparem o número de ações trabalhistas em diferentes países” e que “tal comparação não é possível considerando as enormes diferenças entre leis trabalhistas, sistemas jurídicos e disponibilidade de estatísticas nos diferentes países”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Mais Recentes

Outros Assuntos

Outros Canais

Receba os artigos por e-mail
Leia Mais

Artigos Relacionados