Dia Dos Pais. A Decadência da Cultura Ocidental.

 

Tempo de leitura: 100 segundos

 

Metade das famílias americanas não irão festejar o Dia dos Pais.

Isso porque papai está morando com outra, e celebrando com os filhos dela.

Vendo o respeito que os quatro filhos do Trump têm de seu pai, comecei a pensar se essa não é a causa da decadência do Ocidente, que está ocorrendo a olhos vistos.

Filhos que não veem em seu pai um modelo a ser seguido, começam a vida com um problema.

Um grave problema!

Nascem perdidos, à procura de um modelo que não encontraram em casa.

E daí, podem cair nas graças de movimentos espertos que caçam jovens perdidos por aí: igrejas espertas, marxistas espertos, anarquistas e nihilistas.

O movimento feminista, no fundo, no fundo, não é um movimento a favor da mulher e sim um movimento contra o marido, o pai.

Um estudo científico, que li quarenta anos atrás, dizia que apesar da mãe estar muito mais presente, de cuidar da criança como ninguém, no fundo os filhos seguem os valores do pai.

Uma injustiça sem dúvida, mas explica muita coisa que as feministas odeiam.

Hoje, filhos e especialmente filhas são levados a não respeitar os pais, e muitos pais perdem facilmente o respeito dos filhos.

Filhas perdem o respeito para sempre de pais que traem a mãe delas, e com razão, e assim por diante.

Noventa por cento dos negros americanos não têm um pai presente, devido a um bolsa família dado pela esquerda americana para a mãe solteira.

No desespero, muitos negros abandonam seus filhos e filhas para que esses possam ter o bolsa família americano que é maior do que um negro ganha.

Marta Suplicy criou uma lei que proíbe o termo pai, para não constranger as famílias de lésbicas.

Logo logo vão suprir o próprio Dia dos Pais, um dos poucos dias do ano em que filhos e filhas paparicam hoje em dia os seus pais.

Sorte têm os poucos filhos de hoje que podem olhar para o pai com orgulho.

Que civilização sobrevive sem heróis a serem seguidos?

Se queremos salvar a decadência da cultura ocidental, seja um pai que se possa orgulhar todo dia do ano.

Não somente pelos seus filhos, mas pela sua esposa e comunidade.

Conselho de amigo.

 

(Lido por 240 pessoas até agora)

UA-1184690-14