A Quem Interessa a Lei 7988/45 Que Atrasou o Brasil?

[pullquote]A lei foi promulgada no último mês da Ditadura Vargas.[/pullquote]

 

 

 

 

 

Poucos historiadores relatam nos livros de História uma lei que atrasou o Brasil em pelo menos 30 anos. A lei é a 7988 de 1945.  

Art. 9º Ficam extintos a partir do ano escolar de 1946, o curso superior de administração e finanças e o curso de atuária, de que trata o Decreto nº 20.158, de 30 de julho de 1931.

E quem faria uma lei destas? Por quê? 

A LEI 7988 foi a que criou o CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS.

A lei foi promulgada no último mês da Ditadura Vargas.

Com uma penada ditatorial, no apagar das luzes, alunos de administração, professores de administração foram banidos, perderam as suas vagas e os professores seus empregos.

FORAM proibidos de existir. Vejam o primeiro parágrafo.

§ 1º Os alunos de administração ora matriculados, poderão concluir o plano de estudos ora revogado, ou adaptar-se ao definido pelo presente decreto-lei.

Quem quer se formar num curso revogado?

A lei 7988 tirou não somente o ganha pão dos Professores de Administração deste país, sumariamente demitidos, mas atrasou este país. 

Mais de 82.000 artigos já foram escritos por jornalistas sobre a morte de Vladimir Herzog, mas nenhum artigo foi escrito sobre a a demissão em massa de todos os professores de administração deste pais.

Meu pai conhecia um que entrou em depressão, e morreu dois anos depois. Uma outra forma mais amena, mas mais longa de tortura. 

Foi um genocídio profissional, demitiram todos os professores de administração, algo que nos afeta até hoje.

 

(Lido por 13 pessoas até agora)

7 Comments on A Quem Interessa a Lei 7988/45 Que Atrasou o Brasil?

  1. Mestre Kanitz,
    sou seu admirador como profissional e, assim como você, me orgulho de fazer parte desta classe de Administradores.
    Vamos dar a resposta aos que tentaram impedir que se formassem administradores. Sabe como ? Devemos ganhar o mercado desses usurpadores dando a resposta na Administração das organizações com métodos científicos, com pesquisa, com embasamento doutrinário. Não como esses que gostam de administrar na base da intuição, ou com base em teorias econômicas ultrapassadas.
    Para isso, temos que dar uma mexida na grade curricular da Administração.
    Primeiramente, fazendo com que tenhamos, pelo menos, cinco anos de graduação. Os outro cursos tem cinco anos, somente a Administração tem quatro anos.
    Segundo, colocando algumas disciplinas como formação básica do administrador. Assim, qualquer Universidade, presencial ou EAD, deverá incluir na sua grade curricular. Com isso, poderia-se incluir disciplinas que façam uma ‘peneirada’ em seus alunos. Uma das disciplinas que acredito que daria uma peneirada seria o cálculo. Além de filtrar, se formarem aAdministradores mais estudiosos, daríamos o troco nos engenheiros, que administram empresas por terem fama de possuírem bom raciocínio lógico. Mataríamos dois coelhos com um tiro.
    Logo, caro Kanitz, o CFA e o ANGRAD devem fazer um lobby enorme no MEC para incluir disciplinas na formação básica do Administrador, e disciplinas que o mercado está ansiando em administradores.
    Forte abraço.

  2. Caro kanitz,
    Leio seu blog frequentemente e sinto sua preocupação com os assuntos brasileiros, com os temas nacionais. Neste final de ano, os jornais brasileiros só falam na crise européia e americana. Enquanto que no terceiro trimestre brasileiro tivemos um aumento do pib em torno de zero, na mesma zona em extrema crise, Europa e Usa, o crescimento do Pib foi positivo.
    Sr Kanitz continue a nos informar sobre o Brasil, pois falta para o nosso país, não só grandes administradores, pelas razões apontadas em seu artigo, mas de brasileiros que pensam, em primeiro lugar, nos problemas nacionais.

  3. Esta lei é um dos maiores atentados da história deste país. As consequências destas repercutem hoje em mensaleiros e corruptos.

  4. Aonde está escrito que a primazia da competência e da eficiência administrativas são prerrogativa exclusiva dos formados, mestrados ou doutorados em Administração de Empresas ?

  5. Por que e por qual motivo extinguiram esta lei? gostaria de saber o por que disso.
    Apos isso, faremos uma movimentacao a fim de trazer a tona a falecida lei.

  6. Caro kanitz, ótimos questionamentos referente a esta lei.
    Infelizmente as opiniões de administradores, geralmente mais sensatas e embasadas de argumentos não tem o mesmo espaço na imprensa.
    Na maioria das vezes as falas dos economistas, amplamente divulgadas tem motivação especulativa.
    A classe de administradores deveria ser mais unida e cobrar estas indenizações.

  7. Kanitz, o Sr. já citou esta lei inúmeras vezes, mas ainda não escreveu sobre as origens dela. Quem estava por trás disso? Porque?

Comments are closed.

UA-1184690-14