Bitcoin Já é o Oitavo Maior Banco do Mundo

 

Bitcoin não é uma moeda, minha gente.

Bitcoin é uma plataforma bancária, onde o cliente é o dono do banco e de sua agência.

Bitcoin já possui 20 milhões de correntistas, que o colocaria, mais ou menos, como o oitavo maior banco do mundo.

Isso tudo em menos de 10 anos, enquanto seus concorrentes demoraram 100 anos para obter a mesma base de clientes.

Bitcoin não é uma onda especulativa como tulipas.

Como muitos economistas, inclusive nosso Presidente do Banco Central Ilan Goldfajn, afirmam.

Bitcoin é um movimento social e político, que coloca um sistema bancário nas mãos de pessoas mais pobres, distantes de centros bancários, sem taxas, inflação e sacanagens.

É um movimento libertário, que acaba com a alavancagem de 12 vezes dos bancos, protegida pelo Estado, e negado ao setor produtivo da sociedade, somente ao setor financeiro.

Com consequências desastrosas de crises financeiras de tempos em tempos, e remédios keynesianos paliativos e seletivos.

Se você quer reduzir o poder do Estado, esse é o caminho.

Se você quer ter o controle da moeda, impedir a emissão irresponsável de Quantitative Easing, impedir essas políticas monetárias de juros absurdos, esse é o caminho.

A nova geração, inclusive, irá se livrar da dívida previdenciária que a velha geração de economistas irresponsavelmente deixou para eles pagarem, migrando para o Bitcoin.

E deixando nós velhos, e também irresponsáveis pela nossa omissão, a ver navios com uma moeda totalmente desvalorizada chamada Real.

 

(Lido por 1261 pessoas até agora)

UA-1184690-14