Por Que Nos Tornamos Um “Governo Dos Piores”?

09/06/2018

  Por que na hora de votar escolhemos sempre “o menos pior”? Por que na hora de votar nunca comentamos “está difícil escolher, todos os candidatos são excelentes e competentes”? Porque não criamos uma cultura administrativa no Brasil, ao contrário dos demais países. Onde prevalece a cultura de promoção por [Continua….]

Contabilidade – Despesas, Receitas e Desinvestimento

06/06/2017

  Quando as suas Despesas são maiores que suas Receitas, você terá desinvestimento. Você terá que vender partes dos seus Débitos ou investimentos. Se seus Débitos, Despesas, são maiores do que suas Receitas, os Créditos, você terá que achar alguns Créditos para equilibrar a equação. Como gerar um Crédito? Vendendo [Continua….]

Greves e Violência Civil

30/05/2017

  Greves somente são possíveis através do uso de violência, ou pela ameaça de uso de violência. Ruas bloqueadas por membros da Quarta Classe, portas de fábricas e escolas bloqueadas por professores e sindicalistas. Como essa violência contra mulheres começou? Sim, contra mulheres. Foram as mulheres que primeiro perceberam as [Continua….]

A Nova Onda da Eficiência

26/05/2017

  Com os desmandos na Petrobras, BNDES, Caixa, Previdência, Odebrecht, eleição do Doria, finalmente caiu a ficha que nosso problema é gestão. Em 1945, dois engenheiros, Eugênio Gudin e Octávio Bulhões lutaram para criar a profissão de Economista. Faz sentido porque se não havia economistas na época não havia como [Continua….]

Por Que o Brasil é Assim?

28/03/2017

Quatro matérias, duas sendo editoriais do jornal de maior influência do Brasil. Nenhum chegou, nem perto, a esclarecer os seus leitores por que o Brasil não dá certo. Em 1945, o decreto lei de Getúlio Vargas que criou a profissão de economista a 7988/45 determinava a extinção de todas as [Continua….]

O Governo Brasileiro Quebrou. E Agora, José?

07/12/2015

  Tempo de leitura: 50 segundos   Este é um resumo da minha palestra no Congresso do Movimento Brasil Livre, entrada franca, dia 29 de Novembro. Fui ovacionado de pé, o que significa que os jovens gostaram. Uma das mais difíceis questões em que sou chamado a opinar é para [Continua….]

Entenda Este Imposto Sobre (Pequenas) Heranças

11/08/2015

  Tempo de leitura: 50 segundos   Este imposto não incidirá sobre os ricos que estão indo embora do Brasil e investindo lá fora, comprando a Burger King, a Heinz e imóveis em Miami. Incidirá sobre a classe média, via a não correção monetária do piso do imposto ao longo [Continua….]

Entrevista Com Stephen Kanitz

17/04/2015

“Dentro de 6 a 8 meses, a inflação deve acabar”. Dito para a Revista Imprensa em Setembro de 1993, um ano antes do Real. Quem investiu na Bolsa, seguindo meu palpite, quadruplicou seu investimento, basta conferir aqui. O jornalista que me entrevistou ficou rico e se aposentou.     (Lido [Continua….]

Existem 6 tipos de Países. Qual é o Brasil?

27/01/2015

 Existem 6 tipos de países. Em qual deles, na sua opinião, o Brasil se enquadra? 1. Aqueles que sequer conseguem identificar seus problemas prioritários. 2. Aqueles que conseguem identificar seus problemas, mas não descobrem as soluções para os problemas. 3. Aqueles que conseguem identificar problemas e criar soluções, mas [Continua….]

O Fim da Teoria de Michael Jensen II

27/10/2014

O “agency theory” de Michael Jensen da Escola de Chicago, acusa administradores de terem uma agenda própria, e por isto os lucros não eram maximizados, como reza a teoria de Chicago. Por isto propuseram “alinhar” nós administradores aos objetivos da Escola de Chicago, a voltar a maximizar o lucro como [Continua….]

A História do Mundo do Ponto de Vista da Administração

23/07/2014

  O Controle dos Meios de Produção De 1890 a 1920, a questão considerada estratégica das empresas era crescer sem perder o controle do capital da empresa. As empresas eram essencialmente familiares e os empresários queriam garantir emprego para os seus filhos. Por volta de 1920, as famílias americanas perceberam que [Continua….]

Erronomics 21. O Supremo e os Planos Econômicos

28/03/2014

  O Supremo está entre a Cruz e a Espada, entre ser justo e quebrar os bancos brasileiros, ou ser injusto e olhar o futuro.   Novamente o Supremo será colocado numa saia justa para decidir sobre as indenizações para os investidores da caderneta de poupança que tiveram suas poupanças sequestradas [Continua….]

1 2 3 6
UA-1184690-14