ADMINISTRAÇÃO DAS NAÇÕES

Nominalismo e a Crise da Dívida Externa

14/03/2017

  A prática nominalista de embutir indiretamente a inflação do país emprestador nas taxas de juros, em vez de embuti-la nas amortizações, foi uma das principais causas do ingente problema da dívida externa do Brasil. (Este artigo foi escrito originalmente em 1984, e foi responsável pela minha ida ao governo [Continua….]

1 3 4 5 6 7 16
UA-1184690-14