Acabei de Ler “Tudo Ou Nada”, Sobre Eike Batista

 

Tempo de leitura : 80 segundos

 

Uma das coisas que se aprende em Administração Creditícia, a arte de emprestar, é o mnemônico 5 Cs do Crédito.

O primeiro C é Caráter, e para avaliar caráter é preciso estudar Psicologia, especialmente o DSM, diagnóstico de disfunções mentais.

Devido à lei 7899 de 1945, que mandou fechar todas as escolas de Administração e Finanças a partir do ano letivo de 1946, nós perdemos toda uma geração, ou duas, de Administradores Financeiros.

Fruto deste desastre histórico, nossos Bancos foram lotados por Engenheiros e Economistas, que mal sabem o que é 5 Cs e DMS.

Muito menos  “Narcissistic Personality Disorder” ou Transtorno de Personalidade Narcisista, que acomente até 8% dos homens.

São pessoas encantadoras, mentirosas, que sonham alto, transbordam em confiança, contagiantes, mas jamais um Carater para se emprestar bilhōes como muitos engenheiros e economistas fizeram.

Deu para desconfiar já nas primeiras páginas, e terminado o livro fiz o teste de NPD (Narcissistic Personality Disorder), usando frases do Eike tiradas do livro.

Faça você mesmo o teste com tudo o que você já sabe dele.

Deu 36 de 40, mais alto que isto impossível. E isto respondendo “não” a perguntas como “você adora se olhar no espelho”, “você dá valor ao seu corpo”?

Todos nós somos um pouco narcisistas, sem dúvida.

Eu sou 16, contra uma média de 14, um pouco acima da média, razão que fixo escrevendo de graça por aí.

A Veja me pagava R$ 900,00 por mês, porque sabe que o narcisismo é parte da  recompensa da muitos colunistas por aí.

O resumo da ópera é que a culpa  não foi do Eike.

Ele era quem era, com transtorno e tudo.

A culpa foi dos tantos  engenheiros e economistas do BNDES, de Bancos e Casas de Investimentos, que aceitaram empregos de Administração Financeira, sem a competência necessária para Administrar Crédito.

A culpa foi dos analistas de Bolsa dos grandes bancos, também engenheiros e economistas, que recomendavam as ações X.

A culpa foi dos diretores financeiros das empresas do Eike, o mais importante era, pasmem, advogado.

A culpa foi do Lula que no início até desconfiava, mas depois o ajudava profissionalmente via o Instituto Lula.

O Brasil é o país do despreparo profissional.

Evidente, mas cada vez que digo isto, engenheiros, economistas e advogados caem em cima de mim, porque estes acham que qualquer um pode administrar sem preparo anterior.

Somos o país do “me virei apesar de ser incompetente”.

Somos o país onde qualquer um pode administrar bilhões sem ter preparo para isto.

Hoje, as nossas escolas de administração são péssimas porque a maioria dos professores são engenheiros ou economistas, ou pertencem a engenheiros e economistas.

Existe outra doença no DMS que todos deveriam estudar.

Síndrome do Avestruz.

 

(Lido por 221 pessoas até agora)

UA-1184690-14