O Engodo dos Donos do Poder

 [pullquote]Por que os empresários Donos do Poder criariam o Imposto sobre a Renda?[/pullquote]

Fico preocupado e assustado com o número de jovens universitários e pessoas inteligentes que acredita que a classe e a elite dominante brasileira são os empresários, capitalistas e especuladores brasileiros.

A começar por Raymundo Faoro, em seu livro Os Donos do Poder, que achava que o Brasil se fundamenta num sistema patrimonial do capitalismo politicamente orientado.

A tese é normalmente do tipo: o poder econômico, os “donos”, controlam a Globo, a imprensa, o Congresso, as leis, os juízes, etc, para criarem leis e valores que permita-nos locupletarem e abocanharem 40% da renda deste país.

Jovens leem estes livros sem perceber as flagrantes incoerências que nem Raymundo Faoro nem nenhum outro intelectual brasileiro jamais abordou.

1. Se os empresários são a nossa classe dominante, “os donos do poder”, por que conduziram tecnocratas a criarem o Imposto de Renda Progressivo, onde quem ganha mais não somente paga mais, mas paga progressivamente mais imposto?

Em vez de pagar 0 a 15% como todo mundo, estes idiotas donos do poder, usaram o seu poder para aumentar para 27,5% o imposto para quem ganha mais.

2. Por que esta classe dominante, os Donos do Poder, criaria outro Imposto de Renda, agora incidindo sobre as Empresas, com alíquota de até 35% para grandes bancos e indústrias?

Por que não isentaram de Imposto de Renda os lucros reinvestidos na empresa, alegando que estes gerariam mais emprego, produtos e mais impostos como ICMS e IPI? 

Na história da humanidade, a classe dominante cria impostos para os outros pagarem, nenhuma classe dominante se onera de impostos, porque isto reduziria justamente o seu poder econômico e político. 

Elites dominantes se isentam de impostos e oneram o inimigo.

3. Se o Brasil é dominado por Banqueiros e especuladores por que então criariam a CPMF, imposto sobre transações financeiras de 0,38% sobre cada especulação?

4. Um país “Capitalisticamente Orientado” criaria o Imposto Sobre Ganhos de Capital que varia de 15 a 80%, dependendo da inflação do ano?

Por que não se isentaram deste imposto, como se isentam de impostos os livros, a cultura, os áudio visuais, as ongs, tão queridos da nossa verdadeira classe dominante?

5.  Por que os Donos do Poder, a classe que vive de juros, criariam um imposto de renda sobre juros nominais de 12%, e não sobre o juro real de 3%, o verdadeiro juro?

Este pequeno detalhe eleva o imposto de renda sobre juros neste país, para 40% a 100% da renda, dependendo da inflação do ano. Os banqueiros usam o seu poder sobre a Globo, a Veja e o Estadão para criar um enorme imposto sobre juros?

Raymundo Faoro, que ingenuidade é esta?

Já ouvi intelectual afirmar que empresário fez tudo isto porque não paga todos estes impostos, que é tudo para inglês ver.

Mas porque criariam um passivo fiscal e ficar torcendo para não aparecer fiscalização? 

6. Empresário como Roberto Civita, da Veja, recebe hoje uma aposentadoria de R$ 980,00 por mês, depois de 30 anos de contribuição.

Professores de Sociologia, Geografia, História, Política, Ciências Sociais, Filosofia, aqueles que indicam o livro “Os Donos do Poder“, receberão aposentadorias públicas entre R$ 8.000,00 a R$ 12.000,00 por mês.

Por que O Dono do Poder, de uma Revista como a Veja, beneficiaria justamente aqueles que espalham que são os empresários que dominam e criam as injustiças sociais e má distribuição da renda deste país?

Quem controla 60% do PIB entre impostos e Estatais nunca é mencionado.

Que haverá empresários favorecidos pelos 60%, não há dúvida.

Que o BNDES e o Ministério da Fazenda irão privilegiar alguns em detrimento dos outros, por razões que ninguém pode mencionar também não há dúvida.

Que os favorecidos irão retribuir de alguma maneira, que farão parte da corte, também é plausível.

Mas o poder corre na direção diametralmente oposta ao que afirma Faoro.

Se você não quer ser enganado na vida, estude um pouco de Administração. Você irá aprender coisas mais ou menos óbvias como estas, mas que as demais profissões passam batido sem questionar.

(Lido por 179 pessoas até agora)

26 Comments on O Engodo dos Donos do Poder

  1. Nossa, só poderia ser escrito por administrador de empresa. Texto raso, sem fundamentação histórica e teórica. Meu amigo, se matricule em uma bom curso superior na área de humanas (história, sociologia ou economia), de uma universidade federal, e se informe. Tuas teorizações são absurdas.

  2. Os artigos do professor Kanitz nos presenteiam sempre com explicações simples mas de grande valia para quem está iniciando ou aqueles que labutam no mercado a tempo, para mestre, nós aprendemos muito, uma pena que nas universidades em sua maioria não ensinem na prática o que o sr nos brinda todos dos dias.

  3. Os artigos que o Senhor escreveu nestes últimos dias não batem com a realidade que eu tenho visto nos últimos anos. O Brasil reduziu sensivelmente os indicadores de miséria e pobreza, os empresários ( chorões como todos os que eu vi ) continuam investindo, as multinacionais remetem polpudos lucros as matrizes e no Brasil, gostaria de uma resposta sua, é engraçado ver que ricos nunca são punidos pela Lei e pobres nascem punidos de antemão. O país teve o pior processo de escravidão dos últimos mil ano da humanidade e os restos desta mentalidade persistem hoje no sentimento de desprezo que as pessoas sentem pelas classes desfavorecidas e por aqueles que as defendem. Fui aluno de administração e sou aluno de História, as duas vezes na USP, e digo que a maioria dos administradores brasileiros fariam menos bobagens se entendessem um pouquinho só do marxismo, da teoria da luta de classes que é apresentada aqui nas suas letras de forma tão edulcorada e até lucrariam mais. Não fosse eu convicto do que penso e um trabalhador esforçado eu até sentiria vergonha de ser pobre e de ser de esquerda frente a sua bem articulada dialética. Comovente sua defesa do Sr. Civita. Ele ganha R$ 980, de aposentadoria ?? Estou até com pena dele. Quer dizer então que os coitadinhos dos ricos é que sofrem nesta terra. Vida boa mesmo é a do povão ??

  4. Sr. Kanitz,
    Acompanho atentamente seus post e fico a cada dia mais contente diante de suas opiniões e conhecimentos. Brilhante artigo sobre o livro Ös Donos do Poder”. Pena que a população, de forma geral, sempre acredita nas “falsas” informações.

  5. Professor Kanitz, ótimo artigo! Sou formado em Administração e agora estou fazendo uma 2ª graduação, em Hist´roia. É incrível como as faculdades estão cheias desse discurso orientado contra as empresas e os empresários, satanizando o lucro e colocando todos os problemas na conta dos “donos do poder”. Artigos lúcidos como o seu mostram o quanto a discurssão tem até agora se atido às ideologias e não aos fatos. Parabéns são por essas e outras que considero este um dos melhores blogs da web.

  6. ps: Feliz Natal Prof.Kanitz! Que 2012 continuamos a ter o privilegio de continuar tendo seu pensamento critico e, que nos a volta podemos fazer de melhor uso do debate aberto.
    (PC is from UK, apologise the missing signals)

  7. Barbaridade, Kanitz.
    Fazem isso por uma simples razão: precisam do Estado para dar continuidade às suas necessidades.
    Por isso, assistimos a essa política (com p minúsculo) e esses políticos e governos seguindo a cartilha ditada pelo poder estabelecido.
    “Se não podes com eles, confunda-os”. Mas para isso, é melhor escolher outro instrumento e não um blog.
    Papai Noel não existe!
    Feliz Natal!!!

  8. Faoro nem deveria criticar outra seara já que sua área (Direito) é a que criou,se locupleta e usufrui do caos legal reinante. Mas quando “pessoas inteligentes acreditam” é melhor voce suspeitar que há algo de certo.No Brasil há um capitalismo predatorio, não competitivo, ineficiente e de reserva de mercado em praticamente todos segmentos importantes, inclusive o Legal. E lembro bem que quando criada a CPMF houve aumento de imposto s/lucro no mercado financeiro(15 para 20%). Desta não se reclamou mas a CPMF, chiadeira geral, e foi prontamente derrubada. Porque era dificil de sonegar.

  9. William sem sobre nome.
    Argumentos jamais me ofendem.
    Você felizmente não assiste novelas da Globo. Empresário e contador são sempre retratados como salafrários, intrigueiros, que fazem nada, que só mandam e assim por diante. Miséria cultural sem dúvida.
    Os Marinhos nem mandam lá existe sim um poder oculto.
    Estude também economia. ë notorio que só dá para repassar 50% dos impostos, porque a demanda cai com o aumento dos preços.
    Espero não ter lhe ofendido
    Stephen

  10. Será que muitos pseudo-intelectuais não passam de analfabetos funcionais com dificuldades em raciocinar matematicamente (coisa básica), porque também o renegaram, e por isso também incapazes de compreender qualquer conceito básico de gestão como eficiência na utilização de recursos? Será que isto não explica pelo menos em parte o problema cultural em questão neste artigo? Sempre desconfiei disto.
    O que mais preocupa é que muitos destes são formadores de opinião.
    Kanitz, obrigado por este trabalho que faz, nunca pare.

  11. No principal cargo do Executivo acabou de sair um metalúrgico e entrou uma ex-terrorista. Na maioria esmagadora dos outros cargos do poder Executivo e Legislativo está gente que se enriqueceu com política ou está nesse processo. Qualquer empresário de sucesso faz um elaborado processo seletivo para escolher um trainee recém saído da faculdade, mas alguns acham que na hora de colocar um representante no Congresso escolhe um Tiririca. Ou melhor, alguns acham que vale a pena “criar” um candidato quando o povo acaba mesmo votando é no Tiririca.

  12. Os estrangeiros acham que o desenvolvimento do Brasil se dá pelo bom governo que tem. Eu tenho constantemente que explicar que o desenvolvimento se dá APESAR do governo, pelo heroísmo dos empresários…

  13. É uma hora excelente para abrir a caixa dos valores das aposentadorias no Brasil, inclusive com porcentagens de quantos ganham o quê.Muitos ficarão espantados.

  14. Caro Stephen, concordei com tudo que você disse até hoje e são anos lhe acompanhando, mas desta vez sinto lhe dizer que discordo praticamente em tudo o que você disse nesse artigo, as comparações do Civita com os profissionais a respeito da aposentadoria está fora do contexto. Os poderosos repassam, de uma forma ou de outra o aumento do imposto das suas rendas para o bolso do trabalhador, ou você acha que não dá para fazer isso? A Globo é sim responsável por boa parte dos males, principalmente a miséria cultural e burrice do povo brasileiro, povo esclarecido, é Globo falida! Mais uma dica, os poderosos vão sempre dar um jeito de fazer com que a grande massa tenham pena delas, ou você acha que eles não tem recursos e inteligência para isso? Existe um poder oculto que talvez você não tenha acesso ou finge não existir para não cair em descrédito, pois essa é uma das armas que eles usam quando intelectuais ousam desmascará-los…No mais você é um gênio e uma pessoa muito lúcida, espero não ter lhe ofendido.

  15. Gostei da argumentação. Mas me diga, então, quem de fato está no poder?

  16. Se eu fosse governante passaria a cobrar imposto de renda sobre os juros reais ao invés dos nominais para enganar todos os economistas nominalistas trouxas que nós temos. No cálculo dos nominalistas, os juros nominais cairiam para 9% ao ano e os juros reais cairiam para 2,5% ao ano, o que nos distanciaria do tal título de “maior juro real do mundo”. Pagaríamos na prática o mesmo valor real, mas o ego dos nominalistas seria saciado.

  17. A ingenuidade acadêmica de algumas pessoas que comentam esse artigo, inteligentíssimo diga-se de passagem, é tanta que preferem proteger os que corrompem e mal administram a máquina estatal.
    Lamentável o conteúdo de alguns comentários lidos.
    Obrigado pela sua enorme contribuição professor!

  18. É claro que ao pensarmos em poder numa esfera “Federal” não podemos mesmo crer que todo empresariado e a elite seja o dono exclusivo dele… Mas vale lembrar que o poder financeiro garante “leis” sob encomenda… Um exemplo claro disso será a provável lei de zoneamento de São Paulo que será mudada para atender ao SPFC e a empreiteira que irá administrar o Morumbi por um determinado tempo. Se olharmos o poder por exemplo em um município, veremos como a elite dominante legisla em causa própria, e por ai vai.
    O ponto de vista do observador neste caso fará inevitavelmente toda a diferença.

  19. Estou com o Saavedra ! Avaliar que a Elite não retroalimenta o empresariado, e vice-versa nas eleições, é muita ingenuidade ! Obviamente, o governo tenta maximizar suas receitas tirando $ de onde tem mais (vide os impostos do empresaridado de forma geral), mas aqueles grupos empresariais mais fortes e poderosos, que contribuem com $ e pessoas para o governo, cobram depois a despesa em dobro, seja pelas renuncias fiscais, propinas, contratos favorecidos etc. O pequeno e médio empresário, que de fato “toca” o país (olhando pelo lado nu e cru de “entradas” x “saídas”), esse sim é o verdadeiro penalizado ! Podemos sim iguala-lo aos professores de sociologia, dentre outros, que ganham míseros salários em 80% dos casos !

  20. Frederico
    Vc simplesmente ignora fatos que cc nao tinha percebido e simplesmente repete o que seu professor de sociologista gramsciano lhe ensinou.
    Acorda

  21. concordo plenamente com o kanitz… o problema é que a tal “teoria da conspiração” sempre arrebata as mentes mais fracas… acho que é mais fácil explicar assim o seu próprio fracasso…

  22. Quanta ingenuidade, francamente!
    Os donos do poder são os herdeiros da Casa Grande & Senzala. Os mesmos que boicotam notícias sobre o livro mais vendido do país.

  23. Quando o Estado controle 60% do PIB é obvio que haverá lacos. Ou o Lazzarini acha que o Estado vai comprar tudo do proprio Estado, e cobrará propina como ?
    Voces acham sempre que o corrupto é os 40% que corrompe os 60% de santos que tomaram o poder.

  24. Peter drucker dos anos 70, mesmo Henry Ford dos anos 30′, tal o nosso atraso nesta area .

  25. A porcentagem de professores de Sociologia, Geografia e afins que vão ganhar R$ 8.000 ALGUM dia na vida qual é?
    E por um acaso você viu a declaração do Warren Buffet?

  26. “Se você não quer ser enganado na vida, estude um pouco de Administração.”
    Professor Kanitz,
    Para os que não podem por enquanto frequentar ou outra faculdade ou uma pós graduação em administração: Qual seria uma bibliografia interessante?
    Abraços
    José Eduardo

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14