Lobby Dos Bancos Veta A Empresa Simples de Crédito.

Lobby Dos Bancos Veta A Empresa Simples de Crédito.

O Ministro da Pequena e Média Empresa, Guilherme Afif, preocupado com a concentração bancária e o total desinteresse dos 5 Bancos em financiar as futuras emlresas do Brasil, elaborou a lei que criava a Empresa Simples de Crédito.

Guilherme Afif foi o único administrador de empresas a ser Ministro nos últimos 12 anos num governo brasileiro.

Por isso era o único a entender por que o Brasil não cresce mais. Falta de capital de giro, falta de financiamento desse capital de giro, sem o qual o capital produtivo não roda.

Algo que Karl Marx nunca entendeu e muitos outros.

Por isso lutou contra a concentração bancaria promovida durante o Proer, e criou essa legislação para reparar o estrago.

A Empresa de Crédito somente poderia emprestar no seu próprio municipio, o que seria o início do Banco Comunitario, o que nós comunitaristas sempre defendíamos.

Essas empresas poderiam emprestar 3 vezes o capital, portanto mais seguras que nossos Bancos que emprestam 12 vezes o capital, mas só para empresas já formadas e grandes.

Parabéns Guilherme, pena que o Lobby dos Banqueiros e seus especialistas desenvolvimentistas, pensam diferente.

É mais fácil a Quarta Classe controlar 5 Bancos do que 5.000 futuros Bancos Comunitários. from Facebook
via IFTTT

(Lido por 9 pessoas até agora)

UA-1184690-14