Aprenda a Ler Estatísticas

 

Existe até um livro, “Como Mentir Com Estatísticas”, de Darrel Huff, que deve ser lido por todos, justamente porque é lido por muitos.

Aqui vou abordar um aspecto que ninguém menciona, e explica porque temos tantas pesquisas científicas com resultados diametralmente opostos.

Mulheres traem mais seus maridos, do que maridos traem suas esposas.”

Digamos que as estatísticas de uma pesquisa revela que 55% das Mulheres e 45% dos homens traem.

Se você quiser desmentir esta pesquisa, como faria?

Manipular estatísticas, fazer de outra forma, mentir?

Não.

Basta fazer mais 40 pesquisas, com o mesmo rigor das outras.

Explico.

Vejamos o que aconteceria.

A manchete de jornal, que usamos nesta explicação, já é falsa.

As mulheres não traem mais os homens, a manchete deveria dizer:

“De uma amostra de 300 homens e mulheres pesquisados pela Socióloga Tal e Tal, 55% das mulheres traíram contra 45% dos homens.”

Para chegar a conclusão da manchete, de mulheres em geral, teríamos que ter pesquisado todos os homens e mulheres da terra, algo que não aconteceu.

A manchete se refere a uma PEQUENA amostra de homens e mulheres, 0,0001%  do total.

Pode-se tirar uma conclusão assim, de uma amostra tão pequena como esta?

Até que se pode, mas aí o jornalista e o leitor devem ser informados do que chamamos ERRO AMOSTRAL.

A afirmação que mulheres traem mais tem uma possibilidade de erro, de 1 em 20. São os 0,5 em vermelho (5%).

Imgres-1

Mesmo sendo uma AMOSTRA, cientificamente podemos dizer que estamos certos na generalização para a população como um todo.

MAS existe uma chance de 5%, de que homens traiam mais do que mulheres.

Isto porque a nossa amostra não foi fidedigna. Pegamos, por azar, uma amostra onde mulheres traem mais, mas na população como um todo os homens traem mais que as mulheres.

É o erro que vocês já conhecem de pesquisas eleitorais.

Portanto, se fizermos 20 pesquisas parecidas, em 19 teremos que homens traem mais que mulheres, e mesmo assim teremos uma pesquisa séria, de universidade séria, que dará que mulheres traem mais do que homens.

Agora vem a grande sacanagem.

Se você é um intelectual ou jornalista, ou mesmo um escritor mal intencionado, procurando sempre encontrará uma pesquisa que prova justamente o que quer influenciar ao seu desavisado leitor.

Isto lhe permite mentir, cientificamente.

Se existirem 200 pesquisas por aí, e hoje em dia com tantos estudantes fazendo mestrado de fato existem, poderá encontrar 20 pesquisas que provarão o que você quer, e todas falsas, são erros de amostra.

Portanto, é muito importante saber o caráter da pessoa que está escrevendo.

Pesquise antes de ler qualquer coisa escrita por ela.

Saiba se além de Professor Universitário, não é um militante político travestido de imparcial, independente.

Algo Para Se Pensar.

 

(Lido por 152 pessoas até agora)

UA-1184690-14