Por Que Jornalistas Deixarão de Existir

 

Se você tem um filho/a/x ou amigo/a/x que está prestando vestibular de jornalismo, leia e avise a fria que irá lhe ocorrer.

Jornalistas estão se iludindo ao acharem que sempre haverá a necessidade de bons jornalistas, que o “mundo precisa ser bem informado” mesmo por via digital.

A morte deles virá de outra maneira que ninguém está percebendo.

O jornalista depende do trabalho voluntário das pessoas que eles entrevistam.

O único que recebe dinheiro pelo tempo desprendido é o jornalista, nunca o entrevistado que tem de fato o conteúdo e a informação.

O jornalista ganha bem, mas no fundo vive da “mais valia” extraída do entrevistado.

Criar conteúdo como eu fazia com a edição Melhores e Maiores é uma coisa. Colar, copiar, usurpar conteúdo de graça das pessoas que os têm, está com seus dias contados.

Responda a um jornalista, como fazem muitos engenheiros, administradores e contadores, que você custa R$ 300,00 a hora, e você jamais será entrevistado, como a maioria não o é.

Por isso o jornalismo acaba entrevistando narcisistas compulsivos, aqueles que adoram aparecer de graça, a qualquer hora da noite, e se deslocam com prazer para as rádios e estúdios de TV.

Trabalhar de graça para alguém que não diz obrigado nem sequer manda a revista ou jornal para você ver?

E apesar de sobreviverem da exploração do homem pelo homem jornalista são todos marxistas de carteirinha, uma enorme contradição.

Hoje quem tem de fato conteúdo, quem tem o que dizer, utiliza os blogs, FB e WordPress; e recebe por isso.

A Veja me pagava R$ 900,00 por mês, mas cobrava R$ 9,00 por um milhão de revistas.

Eu que era lido por 20% desses leitores em meia, ganhava somente 0,01% desse total, minha mais valia ficava com quem?

Agora eu ganho R$ 8.090,00 de anúncios nos meus blogs, e tenho os mesmos page views por mês, com muito mais repercussão.

Faz sentido dar entrevistas de graça e concorrer comigo mesmo?

Aqueles que têm conteúdo não precisam mais de um “gate keeper” ou o jornalista.

Que anota tudo errado, e só confunde tudo.

Hoje eles só conseguem entrevistar os “losers” da sociedade, aqueles com enorme necessidade de “aparecer”.

Eu parei de ler jornal e de ler esses “losers” de esquerda, que só sabem reclamar e nada contribuem.

Se você quer ser jornalista, faça uma faculdade que lhe dê de fato conteúdo como Física, Psicologia, Direito, Administração, e abra um blog.

Para não ter que viver da exploração a la Marx do conteúdo dos outros, do conhecimento de quem de fato estuda, produz pesquisa, e entende do assunto.

Quanto mais rápido vocês jornalistas desaparecerem, mais bem informada será a nossa sociedade.

Essa é a verdade.

 

(Lido por 1681 pessoas até agora)

UA-1184690-14