Janaína Não Será Professora Titular da USP

 

Janaína Paschoal, heroína de 55% da população brasileira, foi preterida para uma vaga de Professora Titular da USP.

O escolhido foi mais um homem, como era de se prever na USP.

Ela não foi “Reprovada” como a esquerda retrata, porque se trata de uma seleção e não uma avaliação.

Ela continua professora, peçam desculpas pela difamação.

Um dos critérios em que ela recebeu nota mínima, foi “Serviços Prestados à Comunidade”, critério absolutamente inconstitucional.

Ela já é Professora, nada mais precisa provar nesse quesito quando se mede sua capacidade acadêmica.

E não seus “serviços prestados à comunidade socialista” brasileira.

Janaína é quem pagava os aviões para Brasília, os hotéis, os xerox, etc, no impeachment da Dilma.

Salvou centenas de crianças da morte, milhares do desemprego, tirando do poder o pior governo de economistas que o Brasil já teve.

E quem é a perseguida é a Janaína?

Janaína, eu me tornei Professor Titular na USP, posso lhe afirmar que é uma fria.

Na época foram R$ 520,00 a mais no salário, e um monte de obrigações, comissões e bobagens a mais.

O serviço comunitário que você prestou vale muito mais.

Permita-me lhe oferecer um jantar com meus amigos que te adoram.

 

(Lido por 1488 pessoas até agora)

UA-1184690-14