A Imprensa Americana Enlouqueceu

Estou assustado com a degradação do jornalismo americano, furiosa com a eleição do Donald Trump.

Toda notícia agora é tendenciosa, com o único objetivo de destruir, se possível, o Presidente.

Estão tornando os Estados Unidos uma nação irracional, onde 51%, os mais produtivos, ficam sem informação, e os restantes 49% imbuídos de ódio partidário.

Vou comentar três exemplos recentes.

Exemplo 1. Trump decidiu que era melhor despedir chineses na China e trazer esses empregos de volta, empregando negros americanos desempregados.

Isso não aumentaria a inflação per se, mas anularia a queda de preços obtida quando das transferências da produção para a China.

Trump deixou isso bem claro, que isso acarretaria uma inflação pontual e única de alguns %, corretivo e não necessariamente inflacionário.

A imprensa ignorou e começou a espalhar a necessidade de aumentarem juros, o que fez a Bolsa despencar.

Não, esses 3% de inflação corretiva não pode ser combatida com juros mais elevados. Os economistas Democratas não entenderam o lado social.

Esses 3% ou mais são o preço que americanos irão pagar para acabar com o desemprego de negros e latinos, que irá reduzir criminalidade, o custo de prisões, e trazer uma melhor distribuição da renda.

Exemplo 2. Todos os jornalistas estão entrevistando somente economistas americanos que preveem recessão e colapso da economia em 2019.

Acontece que em 2018 os investimentos nos Estados Unidos aumentaram em 10%, e uma vez completado aumentará a produção consideravelmente.

Os economistas mais realistas são ignorados, querem somente disseminar pânico, que já contagiou o Brasil.

Exemplo 3. O anúncio da retirada das tropas da Síria foi alardeado como um erro monumental, obrigando o Ministro da Defesa a renunciar.

O que Trump já disse N vezes é que os Estados Unidos não serão mais a polícia do mundo.

Eles topam derrotar o inimigo, ainda porque possuem as armas mais modernas, mas a tarefa de serem meros policiais da ordem não será mais exclusivamente deles.

Disso o resto dos países podem se ocupar, e devem, como função coletiva e não de um único país.

Mas ninguém fica sabendo desses outros argumentos, que começa a enlouquecer a maioria dos brasileiros. 95% dos brasileiros são anti Trump, quando nos Estados Unidos são somente 49%.

(Lido por 2031 pessoas até agora)

8 Comments on A Imprensa Americana Enlouqueceu

  1. Situação muito parecida com um certo país que fica abaixo da linha do equador.

  2. O mesmo esta acontecendo no Brasil, onde as manchetes sao seletivas, quando nao distorcidas. Ainda vai piorar muito antes de melhorar a qualidade e etica na imprensa tradicional, muitos veiculos tendenciosos sera eliminados nesta trajetoria.

  3. Creio que está evidente de que os meios de comunicação estão sendo “orientados” por um grupo de psicopatas que pouco se importam com o povo, mas apenas em manter o seu “reinado” inabalável. Quando algum governo, toma as rédeas, de moralizar, incentivar e fazer com que se prospere uma sociedade. Surgem esse “falsos” especialistas, difamando as atitudes “sociais” dos governos. E no caso do Pres. Trump e do Pres. Bolsonaro são mais “sociais” do que os próprios “socialistas”.

  4. Caro professor o pior que esta contaminação da imprensa americana já contaminou também a imprensa local. A Globo e outras emissoras, jornais, etc., são contra o presidente Bolsonaro e fazem todas as notícias se tornarem perseguição e crítica contra ele. Falta bom senso e falta amor ao Brasil, pois já tentaram destruir o país e continuam tentando, sempre aliados à esquerda utópica e estúpida, além de hipócrita, é claro.

  5. Conheço várias pessoas que moram nos EUA e dizem o mesmo que o Prof. escreveu.
    É um verdadeiro absurdo como a imprensa é totalmente partidária, contra tudo e retrógrada!

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14