Como os Historiadores Verão Michel Temer

 

Com as reformas obtidas por Temer, o Brasil começará finalmente a crescer em torno de 2% ao ano.

Será um crescimento menor do que somos capazes, mas iremos crescer depois do desastre da Nova Matriz Econômica implantada pela Dilma.

Mas é bom lembrar, que crescer 2% ano com crescimento populacional zero é a mesma coisa do que crescer 6% com crescimento populacional de 4%.

Se a população se conscientizar que com a Reforma da Previdência nossos Ministros da Fazenda não poderão mais roubar nossas contribuições mensais de 30%, a aprovaremos.

Eles terão de investir, em vez de gastar, e assim teremos poupança à rodo, suficiente para financiar um crescimento de 6%. Fim da pobreza.

Vou repetir para aqueles que são contra a Previdência Responsável, mas a favor da Previdência de Repartição Socialista – aquela que rouba dos jovens para dar para os velhos.

“Se a população se conscientizar que com a Reforma da Previdência nossos Ministros da Fazenda não poderão mais roubar nossas contribuições mensais de 30%, teremos poupança à rodo, suficiente para financiar um crescimento de 6%. Fim da pobreza.”

Nossos historiadores daqui 10 anos irão se perguntar o que ocorreu no primeiro semestre de 2017.

Foram as reformas do Temer que nos colocaram na direção do crescimento.

Aos que votaram pró Temer, vocês escaparam de entrar na História do Brasil como aqueles que tiraram o Presidente que nos colocou na direção certa.

 

(Lido por 852 pessoas até agora)

UA-1184690-14