Existem Dois Tipos de Homens

Os dois tipos de homens ainda presentes na sociedade são basicamente o homem tipo G — G de garanhão — e o homem tipo P — P de paizão.

E vocês já podem adivinhar a razão. O garanhão é aquele que restou da nossa fase poligâmica, e o paizão é o descendente da evolução monogâmica, os primeiros que perceberam a relação entre sexo e procriação.

A proporção entre estes dois tipos de homens é ainda um mistério, mas vocês já podem começar a pesquisar. Falarei sobre isto mais adiante.

O que distingue esses dois tipos de homens são as suas estratégias de procriação e investimento paternal.

Existem dois tipos de estratégias de procriação. A primeira é a “Ame-as e deixe-as”, muito comum no reino animal. O macho faz a sua função, e aí é tchau e benção. No dia do parto ele estará a quilômetros de distância, procurando outra fêmea para engravidar. O outro tipo de estratégia é colocar “todos os ovos numa mesma cesta”, e cuidar bem da cesta. São os animais onde o macho protege a ninhada e a fêmea, pelo menos durante aquele ciclo de reprodução.

Ambas estratégias têm suas vantagens e desvantagens, por isto elas coexistem no mundo atual até hoje.

 

O Livro Família Em Primeiro Lugar que contém estas 365 Lições pode ser adquirido na Livraria Cultura

(Lido por 370 pessoas até agora)

UA-1184690-14