Melhor Que Privatizar

 

O Estado controlava a Telebras com somente 17% dos votos.

E os economistas tucanos venderam este bloco de controle por uma fortuna. Isto permitiu quem comprou controlar nosso sistema de telefonia com somente 6% do capital (via várias holdings, empréstimos e apoio do Citibank).

Os administradores do Partido Bem Eficiente não teriam “privatizado”. Teríamos somente devolvido o direito de voto aos 83% de acionistas, que eram os detentores de linhas telefônicas e que recebiam em troca ações da Telebras sem direito de voto.

O que os economistas do PSDB fizeram foi manter a ditadura do Bloco de Controle, e continuaram a prática de manter a maioria das ações sem direito de voto.

Venderam caro este bloco de controle, 3 vezes mais do que o valor em Bolsa na época.

Venderam o nosso direito de não votar, algo que o Ministério Público deveria ter investigado, mas não fez.

O Ministro na época me assegurou que sabia de tudo isto que estou escrevendo, mas que o Ministério Público não teria permitido não vender o bloco de controle pelo preço máximo.

Ele achava que seria processado por não defender os interesses do Estado.

Ele argumenta que o Ministério Público exige “maximizar” o lucro do Estado.

Quem está com a razão?

Eu acho que o PBE poderia ter convencido o Ministério Público que devolver o direito de voto aos que pagaram R$ 10.000,00 era do interesse do Estado, e seria até uma obrigação constitucional.

Com a palavra o Ministério Público.

O verdadeiro escândalo é que brasileiros não ficam sabendo de tudo isto, que os 100 bilhões de reais que o povo pagou para ter um telefone, virou pó.

Algo para se pensar.

 

(Lido por 12 pessoas até agora)

UA-1184690-14