Empresas Devedoras NĀO Resolvem o Rombo da Previdência

 

Fico triste quando vejo que jovens de esquerda mentem para poder ganhar uma discussão, em vez de usar a ciência.

O rombo da Previdência é de R$ 540 bilhões por ano. É uma fortuna, bem maior do que esses R$ 180 bilhões noticiados pela direita, e os R$ zero, noticiados pela esquerda.

Essa lista de devedores do INSS que circula por aí não soma nem 100 bilhões, representa somente o rombo de meio ano de deficit, não dos 30 anos até você se aposentar.

Portanto usam um argumento verdadeiro, mas pífio.

Cientificamente pífio, só para lhe enganar. Se todas pagarem o INSS, 99% do rombo continua.

E tem mais. 80% dessa dívida para com o INSS são juros e correção monetária de dívidas de empresas que já quebraram.

Vide as “massa falida”, a VASP, a Transbrasil, a Gazeta Mercantil e outras.

Se essas empresas sequer pagaram os valores originais, jamais pagarão os valores corrigidos, estando inclusive inativos. A Varig nem voa mais.

Empresas como Bradesco e Prefeitura de São Paulo estão contestando atuações do INSS indevidas, e metade delas ganharão o pleito.

Por que jovens de esquerda mentem, se eles mesmos irão um dia querer se aposentar?

O problema da Previdência não são os inadimplentes.

O problema é que todas as contribuições que você depositou sumiram, foram usadas para outras despesas.

Adivinhem por quem?

Se você não está lutando por uma Reforma da Previdência, pelo menos você deveria estar lutando para parar de ser roubado, por você sabe quem.

Apoie o Projeto do MBL que exige que seus depósitos sejam feitos na sua conta do FGTS para você pelo menos poder controlar, e nunca mais ser roubado.

(Lido por 1500 pessoas até agora)

UA-1184690-14