Administrar é Saber Delegar – II

 

Muitas pessoas leigas não apreciam ou não entendem o significado de SABER delegar.

Saber delegar não significa saber Como Delegar, mas saber O Que Está Sendo Delegado.

Por isto, acadêmicos e a maioria dos brasileiros acham que qualquer um pode ser Gestor, dar os gestos e ordens necessárias para fazer uma empresa funcionar.

Saber delegar é conhecer bem o assunto que você está delegando.

Muitos acham o contrário.

Se você não entende de Marketing, delega-se a um executivo que entende.

No limite, um Presidente de uma empresa não precisa entender de nada, basta ter executivos de “confiança” que entendam.

Saber delegar é justamente saber o que está sendo delegado.

Caso contrário você não saberá se o que foi delegado foi bem feito.

Você pode ser enganado, e muito bem enganado pelo seu confiado.

Você não saberá ajudar o seu subordinado quando os problemas começarem a se acumular.

Por isto, é muito difícil encontrar bons Presidentes de Empresas.

Porque são pessoas que entendem um pouco de tudo, se interessam um pouco por tudo.

Sabem dialogar, com competência, com todas as áreas de uma empresa.

Podem não saber os detalhes, mas sabem o que é essencial.

Muitos leitores se surpreendem como eu falo sobre muitos assuntos diferentes como casamento, família, ciência, economia, dança de salão.

Nós administradores somos treinados a nos interessar por tudo.

Somos fuçadores por excelência.

Estamos procurando sempre a essência das coisas.

Às vezes exageramos e falamos demais, mas o mundo infelizmente está caminhando exatamente na outra direção.

Especialização e mais especialização.

Ao ponto que não temos pessoas que entendam o todo, ou pelos menos conseguem ver o todo e não a sua pequena especialidade.

Harvard Business School é uma das várias escolas que pretende e consegue criar um Administrador Generalista.

Aquele que consegue pelo seu conhecimento geral conversar com pessoas de Marketing, Finanças, RH, Planejamento, Logística, Pesquisa, de igual para igual, conseguindo a confiança de todos.

Os adeptos da Teoria de Gestão acham que nada disto é necessário.

Eu entendia xongas de Petróleo“, afirmou recentemente para a revista Piauí um ex-presidente da Petrobras. E entendia ainda menos de Administração.

Como alguém assim poderia delegar é um santo milagre.

Pior é afirmar isto a todos os cantos, com orgulho, quando deveria ter vergonha.

Algo que um administrador pelo menos teria.

Um administrador jamais teria aceito a Presidência da Petrobras se não entendesse de petróleo, justamente por não conhecer e saber o que teria de ser delegado.

 

(Lido por 105 pessoas até agora)

UA-1184690-14