A Culpa é do PSDB

 

O PSDB tinha entre os seus quadros um grande administrador, honesto e competente.

Mas os caciques do PSDB nunca o valorizaram, nunca o consultaram, pouco o apoiaram quando ele foi o deputado mais votado em Goiás.

Pois bem, Lula aproveitou e o convidou para o Banco Central, quebrando a quase hegemonia de meros professores acadêmicos neste caso.

Já escrevi mais de 40 artigos o elogiando, inclusive no meu último artigo da Veja, “Administradores de Esquerda“, elogiando sua atuação. Não sei se houve dedo do PSDB na minha demissão da Veja, por email.

Dilma recebeu a herança de Meirelles, que mudou tudo que Armínio Fraga deixou de ruim.

1. De 18 bilhões de reservas, valor ínfimo, deixou 300 bilhões, uma fortaleza. Teríamos quebrado em 2008, não fosse Meireles.

2. De um país NON-investment grade deixado por Fraga, Meirelles conquistou Investment Grade, porque lutou por isto.

3. De uma dívida interna atrelada ao dólar, a âncora cambial, Meirelles a trocou para reais, nossa moeda, lembram-se?

4. De uma dívida interna totalmente flutuante, ideal para os Hedge Funds, Meirelles deixou 80% com juros predeterminados.

Se você não entende o significado destas medidas, você não entende o que é Administração Responsável das Nações.

Zero reservas, juros que flutuam ao sabor do “livre mercado”, dívida nacional atrelada a uma âncora norte-americana, não é responsável.

Os economistas do PSDB sequer admitem estes feitos.

Sequer mencionam Meirelles e o legado que ele deixou para a Dilma, aliás garantindo sua eleição.

Fazem questão de desqualificá-lo no Wikipedia.

“Henrique Meirelles não é economista, pois para ser economista, necessariamente, tem de ter graduação em Economia/Ciências Econômicas e registro no Corecon.”

Meirelles é formado pela Harvard Business School, graduação que o desqualifica perante jornalistas, economistas e intelectuais brasileiros.

Nojento.

 

(Lido por 264 pessoas até agora)

UA-1184690-14