Jamais Assine Um Cheque Em Branco

  Muitos jovens e não tão jovens, assinam dívidas com contratos em Selic, TR, ou alguma taxa numericamente indefinida. Nós Administradores chamamos esta dívida de juro “flutuante”. Todo mundo sabe que juros flutuam até o dia da assinatura do contrato. Mas estas dívidas são diferentes. Rezam que os juros irão [Continua….]

A Origem do Especulador

A palavra “especulador” tem sua origem na raiz indo-germânica “Spec”, que significa olhar. São dessa raiz as palavras especialista, espelho, expectativa, respeito, inspetor, especial, esperança, espetáculo e, finalmente, especulador: aquele que olha à frente, vê o futuro, aquele que enxerga aquilo que outros não veem. Toda nação precisa de bons especuladores. Especuladores [Continua….]

O Fim de Nossas Empresas de Classe Mundial

  Hoje é mais um dia de luto para a Ciência e Prática da Administração no Brasil. O Presidente do BNDES anuncia abandonar a política administrativa que implantamos no Governo Lula de criação de empresas “Classe Mundial”, empresas com qualidade e escala para poder competir internacionalmente e se proteger localmente. [Continua….]

Como Prever Falências – 40 Anos Depois

O artigo Como Prever Falências, publicado há 38 anos na Revista EXAME, foi meu primeiro trabalho acadêmico e talvez o mais conhecido. Introduzia no Brasil o conceito de credit-scoring, e ficou conhecido como o Termômetro de Kanitz. Neste artigo vou descrever como ideias são lançadas e absorvidas no Brasil, um [Continua….]

Páginas Amarelas IV 1994 – Classes C e D

    VEJA — O que mais terá de mudar no Brasil? KANITZ — O modelo industrial brasileiro tem de mudar. Atualmente, a indústria está voltada para produzir para os 10% mais ricos, enquanto os 90% restantes consomem quase nada. É um enorme mercado potencial, à espera da oportunidade de [Continua….]

Um Problema Que Recusamos Admitir

A segunda edição da Província de São Paulo, recentemente oferecida ao público via internet, 1875, traz como primeira notícia o seguinte: Quem estuda a vida das províncias, conhece que em administração temos retroagido em vez de progredir. Criaram um jornal e no já segundo dia já noticiaram o que venho [Continua….]

Entenda os Juros dos Bancos

Tempo de leitura: 80 segundos Tive a sorte de visitar um dos primeiros computadores importados pelo Brasil, um Univac que ocupava um andar inteiro na sede do Banco Moreira Salles, atual Unibanco-Itaú. Tinha 19 anos. Imaginei que o computador estivesse rodando um programa de análise de crédito, usando análise discriminante [Continua….]

Imposto Sobre Lucros Extraordinários

A Austrália acaba de passar uma legislação taxando os lucros extraordinários. Por pouco, o Brasil não teve uma legislação parecida. Em 1986, eu assessorava o Ministério do Planejamento, sempre a procura de novas formas de taxação. Foi quando propus um Imposto Sobre Lucros Extraordinários, numa das reuniões do Ministério. Lucros Extraordinários [Continua….]

How To Evaluate a Charity II

  Credit scoring has never been used to evaluate Charities, only lenders and companies. I have been addressing the question so far as an “either or situation”, but actually discriminant analysis and credit scoring give philanthropists a continuum score, which allows us to distinguish the very best charities, the well [Continua….]

How To Evaluate Charities

  Which are the best run charities and NGOs in America? How to evaluate charities from a scientific and not subjetive point of view? Which are the best run NGOs in the world? Which are the charitable organizations that really deserve to receive our donations? Which are the NGOs that [Continua….]

Como Prever Falências

  O artigo “Como Prever Falências”, publicado há 43 anos na Revista EXAME, foi meu primeiro trabalho acadêmico e talvez o mais conhecido. Introduzia no Brasil o conceito de credit-scoring, e ficou conhecido como o Termômetro de Kanitz. Neste artigo vou descrever como ideias são lançadas e absorvidas no Brasil, [Continua….]

Ética Profissional

O ex Ministro da Fazenda Palocci disse  uma frase que me lembrou da minha ida ao governo, como assessor do Ministro do Planejamento. Diz Palocci:  trabalhar no governo é uma “experiência única que dá enorme valor depois para a gente no mercado privado“. Cita em seguida vários professores acadêmicos que nunca [Continua….]

1 2 3
UA-1184690-14