Netos de Alfred Nobel Apontam a Farsa do “Nobel” em Economia

  Nós, netos de Alfred Nobel, vimos a público alertar que não existe o Prêmio Nobel em Economia. O prêmio de Economia jamais foi incluído no testamento de Alfred Nobel. Ele foi inventado por economistas do Banco da Suécia, e muitas vezes erroneamente caracterizado Prêmio Nobel oficial. Nós, os signatários, somos os netos de Alfred [Continua….]

O Erro do Euro

A crise na Grécia me fez republicar este artigo de 2013.  Por que o Euro foi criado? Para entender a Crise do Euro é necessário entender a verdadeira razão para a qual ele foi criado. O discurso oficial é sempre revestido de frases altruístas, mas o importante é a “agenda [Continua….]

A Razão da Estagnação

  É assustadora a confusão disseminada pelo jornalismo econômico brasileiro. Quase todos os jornais estampam como manchete de primeira página as decisões do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) sobre a taxa de “juros”. A verdade é que ninguém sabe qual será a taxa de juros. Para sabermos a taxa [Continua….]

O Fim da Teoria de Michael Jensen II

O “agency theory” de Michael Jensen da Escola de Chicago, acusa administradores de terem uma agenda própria, e por isto os lucros não eram maximizados, como reza a teoria de Chicago. Por isto propuseram “alinhar” nós administradores aos objetivos da Escola de Chicago, a voltar a maximizar o lucro como [Continua….]

Uma Alternativa ao Keynesianismo

  O objetivo do Keynesianismo é maximizar o emprego, mantendo o número de desempregados ao mínimo para maximizar as chances de reeleição. Por isto, keynesianos são mais populares entre políticos populistas e demagogos do que economistas desenvolvimentistas, que pensam em crescimento de longo prazo. “No longo prazo estaremos todos mortos“, [Continua….]

Juro Nominal Negativo é Impossível

  Estudantes de Economia, eu sei que você odeiam críticas construtivas de outras profissões que não a sua, mas tentem detectar este erro de Kenneth Rogoff em “Costs and Benefits to Phasing Out Paper Currency.” “the existence of paper currency makes it difficult for central banks to take interest rates [Continua….]

Erronomics 21. O Supremo e os Planos Econômicos

  O Supremo está entre a Cruz e a Espada, entre ser justo e quebrar os bancos brasileiros, ou ser injusto e olhar o futuro.   Novamente o Supremo será colocado numa saia justa para decidir sobre as indenizações para os investidores da caderneta de poupança que tiveram suas poupanças sequestradas [Continua….]

Se Karl Marx Tivesse Estudado Administração

Na época de Karl Marx havia pouco capital e poucos capitalistas. Tanto que os marxistas criaram como seu símbolo a foice e o martelo, bens de capital que custam menos que R$ 10,00. Um tear mecânico custava na época em torno de R$ 12.000,00, só que aumentava a produtividade do [Continua….]

Entenda a Ditadura Militar

  Há 40 anos, assisti uma aula de um jovem e talentoso professor de economia que foi enigmática. “O livre mercado proposto pelos liberais é uma falácia. Imaginem a confluência da Avenida São João com a Avenida Ipiranga, se os ideais liberais prevalecessem. Seria um caos”. “O livre mercado, como o [Continua….]

Entenda o Deficit Nominal Zero

  Lembre-se: A inflação embutida no juro é uma amortização disfarçada do seu próprio empréstimo.       Se um futuro Presidente chegasse para os bancos e dissesse: “Toma seu dinheiro de volta, não quero mais estes empréstimos caríssimos“, os bancos ficariam com um monte de dinheiro parado nas mãos e teriam de [Continua….]

Analise o Erro e Não Erre Mais

  Todos nós cometemos erros, faz parte da vida. Em vez de ficarmos remoendo os erros, o correto seria realizar o que chamamos de “post-mortem do problema” e aprender a lição. Fazer post-mortem significa analisar as razões que nos levaram a tomar a decisão errada. Quem nos aconselhou errado, que [Continua….]

Os 10 Principais Problemas Brasileiros

  Quais são os principais problemas brasileiros em termos de Administração Econômica? 1. Deficit de 12 trilhões da Previdência. 2. O péssimo nível da administração pública. 3. A falta de ensino profissionalizante e útil em vez do colegial. 4. Os problemas que deixamos acumular e agora se tornaram gargalos. 5. [Continua….]

1 2 3 4 5
UA-1184690-14