A Economia Neoclássica não serve para o mundo industrial. Adam Smith, David Ricardo viviam num mundo 70% agrícola.

Economia Administrativa é o que empreendedores e administradores precisam.

Dilma e o Custo do Capital

Dilma não é formada em administração, mas como Ministra de Minas e Energia teve contato com muitos administradores financeiros de empresas de energia elétrica. Foi provavelmente com eles que ela aprendeu a importância de um país ter um custo de capital baixo, para gerar energia elétrica barata. Isto foi uma [Continua….]

Entenda os Juros dos Bancos

Tempo de leitura: 80 segundos Tive a sorte de visitar um dos primeiros computadores importados pelo Brasil, um Univac que ocupava um andar inteiro na sede do Banco Moreira Salles, atual Unibanco-Itaú. Tinha 19 anos. Imaginei que o computador estivesse rodando um programa de análise de crédito, usando análise discriminante [Continua….]

Por que o Varejo Não Dá Desconto à Vista?

O leitor Jeronimo Santos pergunta: por que o varejo não dá desconto para pagamentos à vista? Num mundo racional, seguindo os princípios da administração financeira, seria do interesse de cada lojista evitar inadimplência, atraso nos pagamentos, mais imposto de ICMS, mais juros, dando um desconto para pagamento à vista. Considerando que inadimplência, juros, [Continua….]

Entenda a Guerra Fiscal do ICMS

Tempo de leitura: 1 minutoO imbróglio da Lei do ICMS poderia ter sido muito melhor resolvido mudando a lógica da sua cobrança. O imposto estadual ICMS é um imposto sobre valor adicionado. Isto elimina o problema de impostos em cascata, excelente. Só que há duas formas de calcular o imposto [Continua….]

The End of Banking

Basileia obriga Bancos a emprestarem até 12 x o seu capital corroído e não corrigido pela inflação. Um tiro no pé.  The American Banking System is one of the most regulated industries in America. Since 1935 banks have had to deal with regulations that no other industry has come near [Continua….]

A Exploração dos Ricos

Muito se fala da exploração dos pobres. Um milhão de livros já foram escritos sobre isto. Mas pouco se fala da exploração dos ricos, isto é considerado até impossível. Esta apresentação minha é de uns 10 anos atrás, portanto os preços são da época, mas retrata uma situação real. Um [Continua….]

Imposto Sobre Lucros Extraordinários

A Austrália acaba de passar uma legislação taxando os lucros extraordinários. Por pouco, o Brasil não teve uma legislação parecida. Em 1986, eu assessorava o Ministério do Planejamento, sempre a procura de novas formas de taxação. Foi quando propus um Imposto Sobre Lucros Extraordinários, numa das reuniões do Ministério. Lucros Extraordinários [Continua….]

How To Evaluate a Charity II

  Credit scoring has never been used to evaluate Charities, only lenders and companies. I have been addressing the question so far as an “either or situation”, but actually discriminant analysis and credit scoring give philanthropists a continuum score, which allows us to distinguish the very best charities, the well [Continua….]

How To Evaluate Charities

  Which are the best run charities and NGOs in America? How to evaluate charities from a scientific and not subjetive point of view? Which are the best run NGOs in the world? Which are the charitable organizations that really deserve to receive our donations? Which are the NGOs that [Continua….]

Como Prever Falências

  O artigo “Como Prever Falências”, publicado há 43 anos na Revista EXAME, foi meu primeiro trabalho acadêmico e talvez o mais conhecido. Introduzia no Brasil o conceito de credit-scoring, e ficou conhecido como o Termômetro de Kanitz. Neste artigo vou descrever como ideias são lançadas e absorvidas no Brasil, [Continua….]

A Origem da Corrupção Brasileira

O Brasil não é um país intrinsecamente corrupto. Não existe nos genes brasileiros nada que nos predisponha à corrupção, algo herdado, por exemplo, de desterrados portugueses. A Austrália que foi colônia penal do império britânico, não possui índices de corrupção superiores aos de outras nações, pelo contrário. Nós brasileiros não somos nem [Continua….]

Por Um Brasil Bem Administrado

Sempre defendi Henrique Meirelles, porque ele representava o início de um Brasil bem administrado, honesto e socialmente responsável. Como ele, existem hoje mais de 5.000 executivos competentes, ex-presidentes e ex-diretores das 1.000 maiores empresas brasileiras, que estão aposentados aos 60 anos de idade, mas com muita energia ainda para oferecer. São relativamente ricos, [Continua….]

1 14 15 16 17 18 20
UA-1184690-14