Por Que a Esquerda Mente Sobre a Desigualdade Brasileira?

Tempo de leitura: 55 segundos Economistas de esquerda, aqueles em quem nossa imprensa ainda acredita, vivem mentindo que os 10% dos brasileiros mais ricos recebem 40% da renda. Piketty, o economista francês, ficou famoso com esse Fake Economics. O que escondem, e nossos jornalistas ingênuos não verificam, é que não [Continua….]

Nominalismo e a Crise da Dívida Externa

A prática nominalista de embutir indiretamente a inflação do país emprestador nas taxas de juros, em vez de embuti-la nas amortizações, foi uma das principais causas do ingente problema da dívida externa do Brasil. (Este artigo foi escrito originalmente em 1984, e foi responsável pela minha ida ao governo em [Continua….]

O Nominalismo e o Deficit Nominal Zero

Como reduzir a dívida com toda esta má vontade política?            Só existe uma forma de reduzir os juros em um país. A única forma de reduzir os juros é reduzindo a dívida. Todos estes apelos para reduzir os juros diretamente são ingênuos, porque o problema é [Continua….]

Perdoem Meu Desabafo

No meu artigo “Perdoem o meu Desabafo”, publicado na Revista Veja de 14 de janeiro de 2004, eu questionava mais uma vez, a informação amplamente divulgada por economistas nominalistas, jornalistas econômicos, pelo próprio Presidente do Banco Central e pelo Vice-Presidente da República, que o governo brasileiro pagou de juros em [Continua….]

Globalização ou Comunitarismo?

Um dos meus artigos que vive caindo nos vestibulares de redação, por parecer de esquerda, é o “Você Está Despedido”, de 2001. Vale a pena ler, e ele se refere a uma aula que tive onde o professor de administração, Prof. Athos, expulsou da sala um aluno que queria economizar [Continua….]

Entendam Esses 12,25% de “Juros”

Tempo de leitura: 3 minutos A Selic é uma narrativa econômica bem elaborada. Uma narrativa do Fake Economics, portanto uma mentira. Esses 12.25% não são juros apesar da manchete em todos os jornais. Esses 12.25 são parte dessa equação. 12,25% = juro + inflação futura e incerta. Quando você compra [Continua….]

E Se a Renda Fosse “Perfeitamente” Distribuída?

Hoje a grande bandeira perseguida por mais de 200.000 economistas, desde Krugman até Piketty, desde Celso Furtado até Suplicy , é o sonho da “renda bem distribuída”. Hoje, de fato, a renda não é distribuída. Hoje a renda é “merecida” e ganha com suor e lágrimas. O que impera não [Continua….]

“Juros e o Conservadorismo Intelectual”, Por André Lara Resende

Um dos economistas mais ouvidos pelo PSDB, e autor do Plano Cruzado, escreve um artigo que está circulando nos meios financeiros com o título acima. Leiam aqui http://jornalggn.com.br/noticia/juros-e-conservadorismo-intelectual-por-andre-lara-resende (Lido por 1031 pessoas até agora)

Nosso Maior Problema: O Deficit da Previdência

[pullquote]Temos direitos adquiridos sobre bens, a casa que construímos, a poupança realizada, mas não temos direitos adquiridos sobre seres humanos. Hegel[/pullquote]                  Pessoal, agora precisamos discutir a Reforma da Previdência. Artigo escrito em 2000, que continua válido até hoje. O Deficit da Previdência está [Continua….]

Precisamos Mudar a Capital de Brasília, Já.

[pullquote] Boa parte de Brasília foi paga com dinheiro impresso e inflacionário[/pullquote]           Tempo de leitura : 50 segundos   Brasília foi o início da corrupção do Estado, com obras superfaturadas desde o seu início. Pior ainda, Brasília foi um imenso erro de “economia desenvolvimentista”. Na época [Continua….]

Realismo Financeiro

[pullquote]Você sabe qual é a taxa de juros hoje no Brasil? Ninguém sabe, e você está sendo enganado.[/pullquote]             Tempo de leitura: 65 segundos   No Brasil, nenhum investidor sabe qual a taxa de juros oferecida pelo governo por mais incrível que esta afirmação possa [Continua….]

Por Que Ideologias e Valores São Importantes

[pullquote]Vou obedecer meus valores, não estas leis econômicas[/pullquote]           Tempo de leitura: 1 minuto   Uma das diferenças entre Economia e Administração é como tratamos o ser humano. Em Economia todos nós somos “agentes econômicos” facilmente previsíveis, porque somos todos egoístas, maximizadores de lucro, fazemos tudo [Continua….]

1 2 3 5
UA-1184690-14