Você é um Gestor ou um Administrador?

 

Gestor vem de Gesto, gesticular, apontar, aquele que dá as ordens e indica com um gesto do indicador o caminho a seguir.

Administrar vem de Ministério, servir o outro, ajudar os outros a serem mais produtivos.

Gestores são aqueles que usam o termo “empregados” e “empregadores“.

Empregados para um Gestor são as pessoas contratadas para obedecer as ordens de quem os “empregam“.

Administradores usam o termo “funcionários“, pessoas contratadas para exercer uma certa função e não obedecer ordens.

A última coisa que queremos é dar ordens para 39 Ministros e 260 Secretários.

Quem exerce uma função obedece aos padrões exigidos por aquela função, os ensinamentos e treinamento dado.

Sem ter que ser orientados continuadamente por gestores. (Orientado vem de Oriente, a direção que o Gestor aponta para seus empregados se dirigirem.)

Isto permite uma organização mais enxuta, com menos Caciques e mais Índios.

Justamente o contrário do mundo dos Gestores, que tem que ter muito mais Caciques para dar ordens constantes aos Índios.

Quanto os funcionários exercerem corretamente a sua função, não precisam nem da “supervisão” de Administradores.

Só entramos em cena quando algo dá errado e estes precisam de ajuda.

Gestores usam também o termo “trabalhadores“.

São pessoas que trabalham para os gestores em troca de uma remuneração.

Administradores usam o termo “colaboradores“.

Estes não trabalham para nós, trabalham para a empresa.

Seja fazer uma função como uma auditoria segundo os padrões estudados, ou manter o clima organizacional da Empresa.

Desde a Ditadura Militar, tivemos uma preferência maior para os ditos Gestores do que os Administradores preparados para tal.

Militarismo exige obediência às decisões que vêm do Comando Superior. Militar quer empregado, dirigido, soldado, que vá na direção apontada pelo indicador do General.

O inimigo está para lá.

Como a maioria dos nossos formadores de opinião não tem a menor ideia da diferença entre gestor e administrador, continuam com a visão Militar no mundo dos Gestores. Até a Dilma segue esta a visão da Ditadura Militar, com seu jeito X de comandar.

Muitos manifestantes saíram pedindo melhor gestão pública, que é justamente o que não queremos.

Dezenas de Editoriais saíram pedindo uma melhoria na Gestão Pública, como se este estilo de administrar fosse justamente o que o Brasil precisa.

Óbvio que não irá ocorrer e continuaremos na mesma.

Algo Para Se Pensar

 

(Lido por 1877 pessoas até agora)

5 Comments on Você é um Gestor ou um Administrador?

  1. O texto esta ótimo, inclusive a parte em que aborda a Dilma. Só partidários que se sentiram ofendidos.

  2. Ótimo comentário “Peace” .. Concordo com ele o texto estava ótimo até esta parte.

    Att,

    Kleber Alvarenga
    Consultor Técnico de Sistema ERP.

  3. O texto estava indo ótimo, até chegar na parte do PT. Movimento político para colocar o ódio em um partido publicamente?

    Não carrego bandeira de nenhum partido. Carrego bandeira de pessoas que tenham coragem de enxergar o que esta errado e mudar. Como fez o Lula. Ele teve coragem. Como a vida do brasileiro poderia ter sido diferente aa muiiitos anos atrás quando ele perdeu para Collor nas eleições! Você era da classe trabalhadora? Você trabalhava 8 a 10 horas por dia para receber um salario mediocre e sem condições trabalhistas que o protegesse? Lula sabia da luta do trabalhador laboral mais do que ninguém, ele teve a coragem de mostrar a cara e representar a todos.

    Lula teve coragem de ir à luta e mudar. E mudou, não é? E acredito que para melhor, comparado com o que vivemos com FHC. Lula não foi o Deus salvador e nem a Pres. Dilma. Talvez nem queriam isto, mas pensam em condições dignas para desenvolver o povo brasileiro e não somente manter o poder da classe dos Demagogos e dono de empresas somente. As pessoas no Brasil é pobre não por não ter dinheiro, não por falta de comida somente. Este male existiu foi sanado com as bolsas. Mas existe ainda nestes pobres na minha pobre opinião muito pior, ‘a pobreza de espirito’, ou seja, falta de desenvolvimento do ” eu”, do ser humano e seu papel no mundo, na sociedade, para sua familia, para o futuro dos filhos, netos, do carater, da ética etc…

    O forte investimento na educação da qual o governo promete , nesta fase da qual a Pres. Dilma defende, possa alimentar esta tal “pobreza de espirito” no futuro da nova geração, e aí gradualmente será o fim destas bolsas de ajuda. Pois a pior pobreza que existe para uma nação é a do espirito, a que forma o carater, à indole, a vontade de mudar o seu mundo para uma vida feliz e digna de viver. Só observar países considerados com altos IDH.

    Hoje no mundo laboral, Japão, China, Korea, Vietnam etc.. as condições laborais são lamentáveis. Hoje, ao meu humilde ponto de vista, e de observação sobre isto desde a minha adolescencia, quando comecei a questionar porque minha familia nunca saia daquela lastima de vida, pouca comida, 1 tv preto e branca, meu pai trabalhando numa fábrica, saindo de manhã e voltando ao anoitecer, etc… Hoje existem os escravos da era 21 e ninguém percebe isto. E vem ainda blasfemear o PT?

    Que nunca acabe o poder de lutar por algo melhor para esta classe laboral, ela é necessária muito mais do que se imagina. Devemos valorizar o equilíbrio. Muito PT é ruim, pois tira a autonomia dos empresários, mas muito PSDB é muita proteção aos já poderosos e empresários também.

    É tão obvio e ninguém consegue perceber, o equilibrio, a únião irá fazer do Brasil um país digno para se viver. Pois por enquanto, querem ser ditatoriais ao que se parece.

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14