Por Que Capitalismo Funciona e Comunismo Não

 

Eu sou de uma geração de brasileiros que sofreu mais de uma dezena de “experiências econômicas realizadas em seres humanos”.

Fomos cobaias de economistas que confessavam com orgulho que o que estavam fazendo nunca havia sido testado antes, os Economistas “Heterodoxos” tão venerados na América Latina.

Economistas como Persio Arida, Bacha, Malan, Gustavo Franco, e quase todos os que estiveram num governo. Paulo Guedes é uma nobre exceção.

A vantagem de economistas “Ortodoxos”, é justamente que suas experiências econômicas pelo menos já foram testadas em outros países e seres humanos.

Comunismo, nos tempos de hoje, é um vasto conjunto de intervenções e experiências sociais e econômicas feitas por intelectuais como Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, que são realizadas sem a prévia autorização de seus cobaias.

Padeiros brasileiros acordavam obrigados a cobrar um preço do pão por um ano inteiro. Poupadores acordavam com somente R$ 50,00 na conta bancária, o resto totalmente confiscado.

Eu sei de quatro pessoas que se suicidaram com essa notícia, eu conheço muitas pessoas de fato, mas suicidaram-se quantas pessoas devido ao Plano Collor?

Não foi fácil viver no Brasil dos “economistas heterodoxos”, a maioria assessores dos candidatos de 2018.

No Capitalismo também fazemos “experiências econômicas com seres humanos”.

Mas essas experiências ficam restritas a pequenas empresas, e só se tornam “ortodoxas”, se derem efetivamente certo.

E as demais empresas escolhem ou não, experiências que são objeto de análise e debate nas Faculdades de Administração.

Administradores de RH podem lhe transferir para a filial de Manaus. Você pode ser alocado para um produto novo, que pode não dar certo.

Ou você pode procurar uma startup, que você já sabe que há poucas chances de sucesso.

Mas no Capitalismo, tudo é feito com o nosso prévio consentimento.

O RH pergunta se você gostaria de ser transferido para Manaus. “Não”, por isso lhe daremos 25% de aumento.

Seu chefe lhe informa que a empresa está desenvolvendo um novo produto revolucionário, e você topa.

Haddad e sua parceira são Comunistas.

Eles que acham que podem realizar experiências econômicas e sociais em seres humanos, sem o seu prévio consentimento.

Eles até admitem que nenhuma experiência anterior na Rússia, Cuba, Alemanha e Venezuela, deram certo, mas com Haddad e Manuela dariam.

Bolsonaro, por ser liberal, preza a sua liberdade. Você no fundo é que decide que experiências aceitar.

Quer não pagar 30% do seu salário aos Comunistas, em troca de uma suposta aposentadoria aos 70 anos?

Não? Quer poupar você mesmo essa grana toda? Tudo bem.

Essa é a grande decisão que você vai ter que tomar.

Fazer parte de uma experiência social e econômica que não deu certo em nenhum lugar do mundo, o comunismo de Haddad e Manuela.

Ou, fazer parte de experiências que você concorda, ou que você mesmo pretende testar.

 

(Lido por 1410 pessoas até agora)

10 Comments on Por Que Capitalismo Funciona e Comunismo Não

  1. O comunismo mais do que outros sistemas reduz as individualidades e criatividade, robotizando o ser humano, apesar disso a China tem aumentado a sua reserva em dólares e avança na produção de manufaturas para exportar e na tecnologia de ponta,sendo alhada com admiração pelo poder tirânico. Enquanto isso muitos Estados, inclusive o Brasil, se encheram de dívidas enfrentado queda na produção, na arrecadação, no salário e na aposentadoria, embora os encargos sempre vão sendo atualizados. Para que haja progresso, o intercâmbio entre os Estado requer equilíbrio.

  2. Repliquei o artigo no Facebook por ter considerado um texto objetivo e, de uma vez por todas, converter esses 44 milhões que apoiaram e acreditam na esquerda comunista.

    Parabéns professor.

  3. Foi muito esclarecedor para mim, sou uma mulher que, após as eleições de 2018 passou a ter grande interesse pela política, nunca fui petista, mas, era neutra, ou seja, não participava, mas, agora estou muito integrada e com uma vontade enorme de saber sempre mais sobre o assunto. Portanto, posso dizer que para mim este artigo foi ótimo, esclarecedor, como disse, de fácil entendimento para todos. Obrigada.

  4. Artigo verdadeiro e coerente com os tempos atuais. Ideologia não deve interferir na economia de nenhum país que busca desenvolvimento econômico, político e social.

  5. Artigo verdadeiro e coerente com os tempos atuais. Ideologia não deve interferir na economia de nenhum país que busca desenvolvimento econômico, político e social.

  6. Caro professor Stephen gostei do artigo.
    Sempre muito claro e direto, como realmente deve ser.
    Obrigado

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14