Candidatos Não Estão Sendo Entrevistados!

 

Se eu fosse candidato demandaria que os jornalistas entrevistadores rasgassem suas colas que usam ao longo do debate e fechassem seus computadores.

Eu argumentaria que eu não estava trazendo respostas prontas para serem lidas, e portanto eles não deveriam desrespeitar seus telespectadores lendo suas perguntas prontas.

Eu argumentaria que ficaria muito feio para eles, lerem perguntas feitas pelos seus patrões, o que compromete a independência dos jornalismo, já bastante chamuscada.

Nenhum telespectador acreditaria que jornalistas, tipo Bonner e Renata, não conseguem lembrar suas próprias perguntas horas mais tarde.

Eu lembraria que a função do entrevistador é ouvir o entrevistado e discutir suas respostas, e não ignorar absolutamente tudo, porque eles estão procurando na cola sua próxima pergunta.

Eu argumentaria que nenhum jornalista pode alegar que precisa de cola para perguntar sobre os grandes temas nacionais, a não ser que sejam essas picuinhas que jamais deveriam ser perguntadas.

Essas entrevistas se tornaram verdadeiras inquisições em pleno século XXI, numa demonstração de força por parte de uma imprensa narcisista, que se acha o máximo.

Esse espetáculo de puro poder autoritário por parte desses jornalistas, nada nos ajudam a escolher o candidato administrativamente mais adequado.

Por que de administração de países esses jornalistas não entendem absolutamente nada, e nem querem aprender.

Não assistam mais a esses debates em que o entrevistador mostra claramente que jamais votaria no candidato, somente no Lula preso.

 

(Lido por 3908 pessoas até agora)

7 Comments on Candidatos Não Estão Sendo Entrevistados!

  1. Absolutamente perfeito!

    Devo ainda lembrar aos esquecidos que ESSA MESMA MIDIA, durante e principalmente depois das eleições de 2014, não se furtavam a deixar “RECADINHOS” ao telespectador de jonalismo e mesmo de programas em geral (não sei se em novelas também) sobre ser “coisa feia” os ataques pessoais em detrimento das propostas.

    É óbvio a razão de assim reclamarem, afial eram os seus candidatos que estavam se acusando. Ademais não queriam ataques à esquerda que imaginavam que se imporia unanimemnte e então acusações mútuas, entre candidatos de esquerda, fatalmente maculariam a honra (opinião alheia favorável) da esquerda.

    Porém como Bolsonaro se apresentou omo “direita”, sobretudo acusando a esquerda, então os ataques PARTIRAM EXATAMENTE daqueles jornalistas (recadistas) que em 2014 criticavam ataques pessoais em detrimento da exploração de propostas.

    A CANALHICE e HIPOCRISIA é algo estarrecedor nas SÚCIAS midiáticas.

  2. Eu concordo com voce em: genero, numero e grau! SEMPRE disse aqui na minha casa para minha familia, e para meus amigos e alunos, que os candidatos nao estao sendo entrevistados, mais parace uma INQUISICAO! Isso realmente nao e jornalismo.

  3. Fantástico!!! Não tenho mais palavras para falar desse artigo! Perfeição

  4. Kanitz, admiro há muito tempo seus textos. Acredito que esse modelo decadente da mídia após essa eleição deverá no mínimo ser revisto.Agora mudando de assunto me permita dizer que talvez seria interessante rever o formato do seu blog para atingir mais pessoas. Abraços de sua admiradora Carolina

Comente

Seu email nao sera publicado.




UA-1184690-14