Aprenda Contabilidade


Contabilidade em inglês significa “prestar contas”.

É a forma que o seu banco, a empresa em que você trabalha e o governo prestam contas a você.

Você também precisa prestar contas a si mesmo, para saber como está gastando o seu dinheiro e o da família.

Infelizmente, devido aos anos de inflação, somos um país que não valorizamos contabilidade, e muitas pessoas inteligentes fazem erros monumentais.

Um curso de seis meses é o que basta, e eu não vou ensinar você aqui.

Eu só quero ressaltar a coisa mais importante, que poucos comentam.

Contabilidade irá lhe ensinar a enxergar o mundo com dois olhos, a ver o mundo sempre de dois importantes ângulos, que dependendo das circunstâncias podem ser:

1. De onde veio  /  Para onde foi

2. Quem financiou  /  Quem é o devedor

3. Onde está  /  Onde estava

4. Onde virá  /  De quem

Que é o conceito de débito e crédito. Todas as outras ciências enxergam o mundo de um ângulo só, e a Contabilidade lhe ensinará e enxergar de dois lados.

Por exemplo:

Da próxima vez que alguém disser que ele tem um direito adquirido, pergunte “contra quem”. Como contra quem?

Se direito é o débito, de quem virá o crédito? Ninguém mais pensa assim, e você terá uma outra visão e mais sensata do mundo.

No caso dos aposentados, outro direito adquirido, de onde vem o crédito?

O crédito deveria vir do dinheiro que todos pouparam ao longo de suas vidas.

Você se aposenta com o seu trabalho acumulado como capital ao longos dos anos, com juros sobre juros.

Acontece que governos ladrões e irresponsáveis torraram estas poupanças sem comunicar a ninguém, e a imprensa mundial acobertou este roubo.

A velha geração que não cuidou de seus “créditos”, agora quer se aposentar com o dinheiro da nova geração, contra seus próprios filhos, usando como crédito a poupança do jovem. Um crime!

Se alguém lhe oferecer um excelente investimento que rende 20% por ano, pergunte como estes 20% irão aparecer.

Contabilidade lhe obriga a pensar como sair de tudo em que você entrou.

Te obriga a ver direitos de um bem como obrigações de outros.

Além de manter as suas finanças em ordem, gastar o que pode, e nunca se endividar.

Comprar é o débito, uma delícia, mas pagar o crédito, ou seja a dívida, é outra história.

Não conheço nenhuma pessoa rica que não entenda de contabilidade.

Algo a se pensar.

 

(Lido por 75 pessoas até agora)

UA-1184690-14